Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
131 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56899 )
Cartas ( 21134)
Contos (12535)
Cordel (9881)
Crônicas (21940)
Discursos (3124)
Ensaios - (10029)
Erótico (13216)
Frases (41951)
Humor (17826)
Infantil (3614)
Infanto Juvenil (2347)
Letras de Música (5450)
Peça de Teatro (1313)
Poesias (137242)
Redação (2891)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4538)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Priscilla Beaulieu Presley* -- 09/01/2019 - 11:58 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Priscilla Beaulieu Presley*


"Qualquer coisa que eu podia pensar em fazer por Elvis, sempre fazia. Cuidava para que Graceland estivesse sempre aconchegante, com luzes reduzidas, como ele preferia, a temperatura em seu quarto no nível em que gostava (congelando), a conzinha exalando o aroma de seus pratos prediletos.


Todas as noites, antes de o jantar ser servido, eu descia primeiro, conferia com as criadas se a comida estava exatamente do jeito que ele apreciava - o purê da batata cremoso, bastante broa de milho, a carne bem passada, à perfeição. Sempre havia velas na mesa de jantar para criar clima romântico, apesar de sempre comermos com várias pessoas do círculo íntimo."


........................................................................


* Priscilla Beaulieu Presley & Sandra Harnon, "Elvis e eu", 1ª edição, Rio de Janeiro: Editora Rocco, 1986, p.95, capítulo 17.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 27Exibido 37 vezesFale com o autor