Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
52 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56298 )
Cartas ( 21150)
Contos (12562)
Cordel (9930)
Crônicas (22047)
Discursos (3130)
Ensaios - (9087)
Erótico (13313)
Frases (42727)
Humor (18162)
Infantil (3685)
Infanto Juvenil (2480)
Letras de Música (5460)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137611)
Redação (2901)
Roteiro de Filme ou Novela (1050)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4588)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->A HORA É AGORA -- 16/04/2019 - 22:46 (GERMANO CORREIA DA SILVA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

A HORA É AGORA

Sou um apolítico por opção, mas confesso que gosto de acompanhar nas redes sociais, principalmente, os embates “acalorados” dos simpatizantes incondicionais da nossa política partidária.

Analiso com reserva as críticas que são feitas por quem se diz da direita ou da esquerda, e geralmente vejo um acusando o partido político do outro de ser o responsável por ter acobertado as “falhas” de alguns governantes nas esferas municipais, estaduais e federais, tanto os do passado, quanto os do presente e, na maioria das vezes, essas críticas são feitas até com um requinte de paixão.

Os “simpatizantes” de ambos os lados da política partidária (os da direita e os da esquerda) têm o hábito de se ofenderem mutuamente, mas o ideal seria que esses dois “grupos ideológicos”, que se ofendem o tempo inteiro, se unissem em prol de uma mesma causa.

Que tal se tentássemos ajudar a equipe ministerial do atual presidente com ideias positivas e eficazes, visando à solução dos problemas pontuais que estão na pauta de votação lá no Distrito Federal.

Tentemos construir algo positivo e para que possamos dar o pontapé inicial, façamos um pacto de bom brasileiro e unamos nossas “ideias” e “ideais” em prol dos mesmos objetivos, em vez de ficarmos destilando ofensas e ataques pessoais desnecessários .

Deixemos, pois, essas rusgas e picuinhas para outras ocasiões, ainda que cada um tencione pender para um dos lados, como se estivesse defendendo sua equipe esportiva de coração, e lutemos com sabedoria, apoiando àqueles que estiverem a favor do crescimento do nosso país e acredite, se quisermos melhorar o rumo de nossa nação, a hora é agora.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 15Exibido 60 vezesFale com o autor