Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
74 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54594 )
Cartas ( 21042)
Contos (12045)
Cordel (9416)
Crônicas (20965)
Discursos (3104)
Ensaios - (9880)
Erótico (13101)
Frases (39628)
Humor (17532)
Infantil (3554)
Infanto Juvenil (2304)
Letras de Música (5408)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135300)
Redação (2862)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1912)
Textos Religiosos/Sermões (4137)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Nova Carta para o Felipe -- 18/07/2012 - 11:27 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Brasília, 18 de julho de 2012

Olá Felipe
Sei que estou dando a você mais importância do que sua figura, talvez "construída", merece.
Mesmo assim, queria dizer-lhe que publiquei hoje um pequeno comentário sobre sua fugitiva aparição como leitor de meu ensaio sobre "O Sentimento do mundo de Carlos Drummond de Andrade".
Transcrevo "ipsis litteris" o que escrevi como reação à sua "diatribe":
[...............................................................]
"Mas quem é este "Felipe"? Quais as credenciais que tem para falar de um artigo sobre Carlos Drummond de Andrade? Qual a preparação que tem para entender um texto literário ou uma crítica literária e hermenêutica como a do autor deste artigo? Teoricamente poderia ter todas as credenciais, mas aqui, pela amostragem, não tem nenhuma, não mostra nada que o habilite a uma tarefa de crítico. Se tem que o demonstre.Sua linguagem é muito suspeita. Pura diatribe, sem nenhuma relação concreta com o conteúdo do ensaio. Suspeitíssimo... Não convence ninguém seu "modo atípico" de comentar uma peça literária. Mesmo assim escrevi uma carta para sua senhoria, convidando-a a explicitar seus pontos de vista para os discutirmos seriamente. Se falou de boa fé, que aceite meu desafio e se apresente a público e mostre que é entendido. Sua intervenção é fora de todos os padrões. "Off line", diríamos em linguagem cibernética. Dá a impressão de um alienígena que se esconde e que não deixa nem sequer o e-mail para uma resposta ou um diálogo... Suspeito, este "Felipe", repito... Se não é suspeito, que o declare e o demonstre...Ok? Meu artigo foi publicado em 2005. Foi lido por 13.635 pessoas, a maior parte delas estudantes universitários e professores. Com muitas manifestações positivas. Escrevo com honestidade. É a tônica do que escrevo. Em 2003 fui o escritor mais lido da Usinadeletras. Tenho por norma, quando entro em desacordo com o ponto de vista dos outros, agir segundo as regras técnicas de uma crítica literária ou de uma hermenêutica e segundo as normas da educação e da boa convivência.
Gostaria que "este" "Felipe" mostrasse sua cara e me demonstrasse que não é suspeito e que não representa "forças obscuras" escondidas algures nos porões da Usinadeletras...
18 de julho de 2012
João Ferreira
PS- Para o leitor que está tomando conhecimento deste episódio apenas agora, sugiro que leia "Carta aberta ao Felipe", publicada alguns dias atrás, na seção "Cartas" da Usinadeletras.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 100Exibido 247 vezesFale com o autor