Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
91 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55322 )
Cartas ( 21071)
Contos (12177)
Cordel (9605)
Crônicas (21333)
Discursos (3113)
Ensaios - (9920)
Erótico (13145)
Frases (40227)
Humor (17570)
Infantil (3576)
Infanto Juvenil (2310)
Letras de Música (5418)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135943)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4238)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->"CAUSOS" MINEIROS -- 07/02/2012 - 00:00 (Maria Hilda de J. Alão) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

    
"CAUSOS" MINEIROS

 
 
TRAIÇÃO À MINEIRA 

O amigo chega pro Carlos Eduardo e fala: 
- Carzeduardo, sua muié tá te traino co Arcide. 
- Magina!! Ela num trai eu não. Cê tá inganado, sô. 
- Carzeduardo! Toda veiz qui ocê sai pra trabaiá, u Arcide vai pra sua casa e prega ferro nela. 
- Duvido! Ele não teria corage... 
- Mais teve! Podi confiri. 
Indignado com o que o amigo disse, o Carlos Eduardo finge que sai de casa, e se esconde dentro do guarda roupa e fica olhando pela fresta da porta. 
Logo vê sua mulher levando o Alcides pra dentro do quarto pra começar a sacanagem. 
Mais tarde, ele encontra o amigo, que pergunta o que houve. 
Então, o Carlos Eduardo relata cabisbaixo: 
- Foi terrivi di vê!!!... ele jogo ela na cama, tirô a brusa... e us peito caiu... tirô a carcinha... e a barriga e a bunda dispencaro... tirô as meia... i apariceu aquelas varizaiada toda, as perna tudo cabiluda. 
I eu dendu guarda roupa, cas mão no rosto, pensava: 
`Ai...qui vergonha qui tô du Arcide!!!`
 
UAI SÔ 

Um mineirim bom di cama, passando por New York, pega uma americana e parte pros finalmente. 
Durante a relação, a americana fica louca e começa a gritar: 
- Once more, once more, once more... (tradução de once more: `mais uma vez`, mas o mineirim entendeu “onde ocê mora”) 
I u mineirim respondi disisperado: 
- Beozonte, Beozonte, Beozonte...
 
MINEIRIM COMPRANDO PASSAGEM 

U mineirim vai à estação ferroviária pra compra um bilheti. 
- Quero uma passage pra o Esbui - solicita ao atendente. 
- Num intendi; u senhô podi repeti? 
- Quero uma passage pra o Esbui! 
- Sinto muito, senhor, num temo passage pra u Esbui. 
Aborrecido, u caipira si afasta du guichê, si aproxima du amigo que o estava aguardando e lamenta: 
- Olha, Esbui, u home falo qui pra ocê num tem passage não!
 
TREM CAIPIRA 

Uma muié tava isperano u treim na estação ferroviária di Varginha, quandu sentiu uma vontade di i urgentemente ao banheiro. 
Foi... 
Quandu volto, u treim já tinha partido. Ela começo a chora. 
Nesse momento, chegou um mineirim, compadeceu-se dela i pergunto: 
- Purcaus diquê qui a sinhora tá chorano? 
- É qui eu fui uriná i u treim partiu... 
- Uai, dona! Por caus dissu num percisa chorá não... tenho certeza bissoluta qui a sinhora já nasceu com essi treim partido...
 
MINEIRIM NO RIDIJANEIRO 

Um mineirim tava no Ridijaneiro, bismadu cas praia, pé discarço, sem camisa, caquele carção samba canção, sem cueca pur dibacho. 
Us carioca zombano, contano piada di minero. 
Alheio a tudo, o mineirim olhô pro marzão i num si güentô: correu a toda velocidade e deu um mergúio, deu cambaióta, pegô jacaré e tudo mais. 
Quando saiu, u carção di tecido finim tava transparente e grudadim na pele. 
Tudu mundo na praia tava oiano pru tamanho du `amigão` qui o mineirim tinha. U bicho ia até pertim du juêio... 
A turma nunca tinha visto coisa iguar. As muié cum sorrisão, us homi roxo dinveja, só tinha zóio pru bicho. 
U mineirim intão percebeu a situação, ficou todo envergonhado e grito: 
-Qui qui foi, uai? Seus bobãum... vão dizê qui quando oceis pula na água fria, u pintim doceis num incói tamém?
 
 (POSTADO POR HILDA ALÃO) 


 

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 27Exibido 589 vezesFale com o autor