Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
111 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56117 )
Cartas ( 21113)
Contos (12444)
Cordel (9801)
Crônicas (21706)
Discursos (3120)
Ensaios - (9953)
Erótico (13192)
Frases (41215)
Humor (17643)
Infantil (3599)
Infanto Juvenil (2327)
Letras de Música (5440)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (136697)
Redação (2885)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2379)
Textos Jurídicos (1914)
Textos Religiosos/Sermões (4462)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->A DOLOROSA ESPERA POR VOCÊ -- 01/03/2014 - 09:25 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Parece um sonho mágico e quase não posso acreditar que tenho você. Minha longa e interminável espera acabou. Às vezes, eu meu pergunto: “Será que é verdade mesmo? Será que é real?” Mas a tua imagem, o teu cheiro, a tua voz, os teus carinhos me fazem ver que sim, que é real. Sim, você está aqui nos meus braços.
Ah, mas quão longa foi a minha espera! Eu te esperei por dias e noites ao longo de todos esses anos. Eu te esperei, meu amor, como a noite espera o luar das estrelas para torná-la única, como as flores que desabrocham esperam o perfume para torná-las ainda mais belas, encantadores e irresistíveis. E mais: eu te esperei tão ansiosamente quanto os lábios apaixonados, ao fechar dos olhos, esperam o beijo. Sim. Eu esperei e esperei. E fui recompensado.
Eu sei que agora tudo compensará aquelas horas de angústia, de dor e de profunda saudade. Um beijo teu foi o bastante para compensar essa espera interminável. Mas sei que terei teus beijos para sempre, por toda a eternidade. Pois preciso de ti mais do que tudo nesse mundo, mais do que um faminto precisa de alimento, mais do que um recém nascido precisa do seio da mãe. Na verdade, sem ti eu já não sei mais viver. E tenho a plena certeza de que não sei mais amar sem você e nem sonhar sem você. E até meus lábios não serão capazes de beijar outros lábios que não sejam os teus. Sem você, tudo isso não tem sentido, não tem razão de ser.
Sabe, meu amor! Eu me sinto tão inseguro quando estou longe de ti. O medo ronda-me a alma, a insegurança está sempre à espreita e a agonia é uma nuvem negra que me envolve e me faz perder completamente o rumo. Não, meu amor!, não me furte de tua presença, de tua beleza, de teus carinhos, de teus beijos e de tuas palavras apaixonadas. Eu preciso de tudo isso para me sentir vivo.
Talvez o meu amor exacerbado tenha contaminando todos os meus atos, meus pensamentos, minhas palavras e me levado a exagerar em tudo. Mas fazer o quê? É assim que me sinto. Que culpa eu tenho de te amar ao ponto de achar que te amo mais do que você possa imaginar? Toda a minha volúpia de amar é tua, somente tua. Eu te farei de minha deusa e deixarei que teus braços me envolva e me elevem até as nuvens, ao infinito ou até onde você quiser me levar. E não terei medo da altura e nem de cair, pois sei que estarei em teus braços.
Enfim, meu amor... Talvez esta carta esteja ficando um pouco longa. Mas eu não sei como terminá-la. Quero escrever páginas e páginas até que se torne a mais densa e extensa obra produzida por um autor. Mas para isso eu precisaria da imortalidade e da eternidade, e mesmo assim ainda não teria conseguido dizer tudo que sinto por você. Só que não sou imortal e a eternidade me é inalcançável. E como só tenho essa vida tão breve, não posso desperdiçá-la apenas falando de meu amor. Tenho de vivê-lo, de senti-lo a cada momento em teus braços. Por isso fico por aqui e termino esta com apenas duas palavras, as quais resumem tudo que acabei de escrever: TE AMO!


ENCONTRE-ME TAMBÉM:
NO MEU BLOG
NO GOOGLE+
NO FACEBOOK
TWITTER
NO TUMBLR


CONFIRA OS MEUS TEXTOS MAIS LIDOS


LEIA TAMBÉM:
ENTRE NÓS NÃO DÁ MAIS
O AMOR PODE SER MINHA SALVAÇÃO
ESTÁ TUDO ACABADO
VOCÊ, MINHA ÚNICA CERTEZA
PARA MINHA ESPOSA EM SEU ANIVERSÁRIO
O INFINITO PRAZER DE ESTAR CONTIGO
EU NÃO SEI MENTIR PARA VOCÊ
A VOCÊ, QUE SAIU ÀS RUAS PARA PROTESTAR
MEDO DE CONFESSAR
MÃE, PARA VOCÊ
VOCÊ ME FEZ NASCER DE NOVO
QUANDO O AMOR DESPERTOU
EU NÃO SEI VIVER SEM VOCÊ
OS SEGREDOS QUE GUARDAS NA ALMA
MEU AMOR, O QUANTO ME SIGNIFICA ESSE DIA
COISAS QUE ME FAZEM LEMBRAR DE VOCÊ
ALGUÉM ASSIM COMO VOCÊ
QUANDO, LONGE DE VOCÊ..
NÃO DEIXE DE LER: 30 TEXTOS MAIS LIDOS DA USINA NOS ÚLTIMOS 6 MESES
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 265Exibido 2029 vezesFale com o autor