Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
119 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56706 )
Cartas ( 21128)
Contos (12515)
Cordel (9863)
Crônicas (21885)
Discursos (3121)
Ensaios - (9999)
Erótico (13200)
Frases (41685)
Humor (17749)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137071)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4518)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->O resto eu não conto, Doutor! -- 20/05/2017 - 22:02 (Adalberto Antonio de Lima) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
...Ora Doutor, rasguei meu Latim, no meio do pasto: ‘Amigus Plato, magis amica Veritas.’ O  camponês se viu atarantado, tomou aquilo como se eu lhe estivesse estendendo  a mão de amigo,  e entregou o boi da aposta. Em casa, eu ria, contando a Corina e acrescentava pitadas de humor... Naquela noite... naquela noite... Corina estava tão bonita!  E me perguntou: ‘O Cravo nunca vai brigar com a Rosa, não é meu  Nego?’ — ‘Nunca, minha Flor!’ Aí, o resto eu não conto, Doutor’.
 
Enviado por Adalberto Lima em 20/05/2017
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui