Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
60 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56298 )
Cartas ( 21150)
Contos (12562)
Cordel (9930)
Crônicas (22047)
Discursos (3130)
Ensaios - (9088)
Erótico (13314)
Frases (42729)
Humor (18162)
Infantil (3686)
Infanto Juvenil (2480)
Letras de Música (5460)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137613)
Redação (2901)
Roteiro de Filme ou Novela (1050)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4588)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->CERTO OU ERRADO? -- 07/08/2018 - 15:48 (GERMANO CORREIA DA SILVA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
CERTO OU ERRADO?

Juquinha frequentava o último ano do ensino fundamental e não gostava das aulas de língua portuguesa, preferia as ciências exatas a ficar aprendendo regrinhas do emprego correto do plural em palavras terminadas em “l”, “m”, “r”, “z”, e principalmente naquelas palavras terminadas em “ão”.

Se lá na escola onde estudava ele era um aluno mediano, dentro de sua casa ele era o “Faz Tudo” da Dona Judite, a sua mãe. Fazia as compras de mercado, açougue, farmácia, padaria, etc., e ali ninguém conseguia enganá-lo no troco, pois ele era, pelo menos, bom aluno em matemática.

Dia desses ele foi à padaria de seu bairro e tentando naquele momento usar um pouco do que tinha aprendido na sua última aula de língua portuguesa, disse pausadamente, ao fazer seu pedido:

- Seu Manuel, eu quero um quilo de café, dois quilos de açúcar, um tablete de margarina, trezentos gramas de presunto e vinte “pãos”.

O dono da padaria, bom dominador da língua portuguesa que o era, aproveitou o ensejo para corrigiu o Juquinha, dizendo:

- Garoto, tu disseste vinte “pãos”, mas o correto seria tu dizeres vinte pães. Na formulação de tua frase tu erraste apenas isso - ponderou.

- Está bem, Seu Manuel, me esforçarei para aprender um pouco mais – disse – meio acanhado.

Recebeu a compra, conferiu os produtos solicitados, efetuou o pagamento e  quando se preparava para carrega-la, eis que surge o Seu Manuel para questioná-lo:

- Garoto, se tu não trouxeste uma sacola, como irás carregar tua compra até tua casa? - perguntou o Seu Manuel com ar de preocupação.

Juquinha fez pose, respirou fundo e imaginou que tiraria uma nota dez dessa vez e respondeu pausadamente, sem medo de errar:

- Não tem problema, Seu Manuel, eu a levarei nas mães, mesmo. Acertei ou errei desta vez? - Questionou.

Sem esperar uma provável correção de sua frase por parte do dono da padaria, saiu de fininho, sem sequer olhar para trás.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 15Exibido 95 vezesFale com o autor