Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
95 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55243 )
Cartas ( 21066)
Contos (12162)
Cordel (9594)
Crônicas (21296)
Discursos (3111)
Ensaios - (9915)
Erótico (13140)
Frases (40134)
Humor (17566)
Infantil (3567)
Infanto Juvenil (2310)
Letras de Música (5416)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135870)
Redação (2879)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4226)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Discursos-->Meu estro perdeu o encanto (soneto) -- 20/08/2008 - 16:46 (Armando A. C. Garcia) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131005761671341300

Meu estro perdeu o encanto


Meu estro perdeu o encanto
Não tive de ti merecimento
Da mocidade, louco intento
Sonho que eu desejava tanto

Pudesse regredir, não faria
Ah! Cego, via e não enxergava
Que seu coração, já outro amava
Ah! Não acordei, quando devia

Senhora, são teus meus desenganos
Por ingratidão pura vingaste
Tinha fé, em ti, há longos anos

Por ti, fui ofendido e culpado
E sem justa causa negaste
O teu lindo amor, tão esperado


São Paulo, 18/08/2008
Armando A. C. Garcia

E-mail:armandoacgarcia@superig.com.br
Visite meu blog: http://brisadapoesia.blogspot.com

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 12Exibido 1306 vezesFale com o autor