Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
99 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56894 )
Cartas ( 21134)
Contos (12535)
Cordel (9881)
Crônicas (21940)
Discursos (3123)
Ensaios - (10027)
Erótico (13216)
Frases (41930)
Humor (17821)
Infantil (3614)
Infanto Juvenil (2347)
Letras de Música (5450)
Peça de Teatro (1313)
Poesias (137238)
Redação (2891)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4538)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Discursos-->MENSAGEM DE NATAL - 2008 -- 07/12/2008 - 01:44 (Ivone Carvalho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
MENSAGEM DE NATAL
(Ivone Carvalho)

É como se nesta época do ano o céu e a terra se unissem numa única nação. E todos falassem uma única língua, cantassem as mesmas canções, tocassem os mesmos instrumentos e suas preces fossem todas dirigidas ao mesmo Deus, o único Criador.

É como se não existisse diferença cultural, intelectual, de idade, sexo, idioma, cor, raça, recursos financeiros, crença, religião, estado civil, gosto, vontades, desejos, imaginação, criatividade, sensibilidade, fé.

É como se anjos, arcanjos e querubins, homens, mulheres e crianças, flores, animais, minerais, sólidos, líquidos e gasosos, matéria e espírito, orgânicos e inorgânicos, enfim, tudo fosse nada e nada fosse o tudo, num único momento, num abraço expandido envolvendo o todo, o tudo e o nada.

É como se fossemos todos irmãos conscientes da fraternidade que nos une, que nos faz semelhantes, verdadeiros filhos de Deus, conscientes ou não, racionais ou irracionais.

É como se o Pai Universal fosse verdadeiramente sentido em cada poro, através do Filho que enviou como Sua grande e maior prova de Amor inconteste e absolutamente puro.

Eis o meu grande sonho e imenso desejo para este Natal!

Que todos sejamos uma única Nação, ampliando nossas auras e nos envolvendo num único e intenso abraço, sentindo, definitivamente, que somos todos irmãos, filhos do mesmo Pai, para comemorarmos o nascimento do nosso Divino Mestre Jesus.

Mas, nas minhas preces, peço mais! Peço ao Menino Jesus que nos ajude a abrir mais os nossos corações. Que aprendamos, todos, a respeitar as diferenças, a nos doar sem esperarmos por trocas ou recebimentos, a percebermos que o único caminho para a Verdade e a Luz é a prática do Bem, incessantemente, sem discriminação, sem orgulho, sem vaidades, reconhecendo que a Caridade é a irmã mais velha do Amor, que a Humildade é seu sinônimo, que a Vida é eterna e que essas são as trilhas que devemos percorrer para alcançarmos a felicidade plena, só existente no Reino de Deus.

Desejo, ainda, que transformemos todos os momentos de reflexão, tão presentes nesta época, em raízes que serão bem cultivadas por todos os dias vindouros e nos permitirão a melhor das colheitas.

Que o brinde deste Natal seja elevado a todos os habitantes deste planeta, numa intensa vibração amorosa nas cores rosa, azul, lilás e verde que formarão uma cúpula imensa, com o seu vértice voltado para o Alto, guardando, em seu interior, todos os Filhos de Deus, sem qualquer distinção, completamente irmanados!

E que possamos abraçar as maiores virtudes que nos foram ensinadas por Jesus, o anfitrião da Festa que preparamos para a Data Magna da Cristandade, praticando, diariamente, o Seu Evangelho, conquistando, assim, o nosso crescimento moral e espiritual.

Feliz Natal!
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 71Exibido 1042 vezesFale com o autor