Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
33 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56450 )
Cartas ( 21157)
Contos (12576)
Cordel (9977)
Crônicas (22085)
Discursos (3130)
Ensaios - (8877)
Erótico (13329)
Frases (42883)
Humor (18231)
Infantil (3704)
Infanto Juvenil (2520)
Letras de Música (5461)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137743)
Redação (2907)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2385)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4618)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->NA ROTA DOS MARACANÃS -- 25/04/2002 - 18:22 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos






NA ROTA DOS MARACANÃS

Jan Muá





Renasci quando despertei

Na melodia dos pássaros

Que folgavam alegres na ruidosa festa da tarde



Reanimei renascido

Na voz hilariante do canto das aves

A harmonia espalhada no variado painel da terra



Os céus se me desenharam em tela de tons mistos

Esfumados em azul pardacento

Com fundos consistentes e adormecidos



Sobre minha cabeça uma revoada festiva de maracanãs

Veio trazer-me a figuração de teu rosto em largos vôos para o horizonte

E a terra se me redesenhou cheia de vida e de cor



Eram o teu movimento e a tua música

Que davam alma ao que via e sentia

No afago carinhoso das formas que empolgavam meus olhos



Foi então que me vi um verdadeiro Guardador de Rebanhos

Consumindo em meus sentidos

O esplendor das coisas que fazem o espetáculo da Terra



Na caída da tarde vieram misturar-se com as formas telúricas as saudades

As memórias, os tempos e os silêncios

E de novo tua figura se me redesenhou ao vivo com toda a alma.





Jan Muá

25 de abril de 2002

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 675 vezesFale com o autor