Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
90 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55235 )
Cartas ( 21066)
Contos (12158)
Cordel (9594)
Crônicas (21296)
Discursos (3112)
Ensaios - (9914)
Erótico (13140)
Frases (40130)
Humor (17564)
Infantil (3567)
Infanto Juvenil (2310)
Letras de Música (5416)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135865)
Redação (2879)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4226)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Teses_Monologos-->A CURA DO PARALÍTICO DE JERUSALÉM ou A MATURIDADE ESPIRITUAL -- 03/12/2010 - 12:31 (ANGELA FARIA DE PAULA LIMA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A CURA DO PARALÍTICO DE JERUSALÉM
OU A MATURIDADE ESPIRITUAL

Em João, capítulo 5, versículos de 1 a 9 vemos o episódio da cura de um paralítico no tanque de Betesda na entrada de Jerusalém, assim descrito:

Ora, em Jerusalém há, próximo à porta das ovelhas, um tanque, chamado em hebreu Betesda, o qual tem cinco alpendres.

Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e ressicados, esperando o movimento da água.

Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava a água; e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse.

E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo.

E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são?
O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim.
Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito, e anda.
/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/-/

Sempre achei interessante o fato de o homem ter 38 anos de paralisia para só então ser curado.

De igual maneira, no episódio do êxodo, os judeus vagueiam 38 anos até chegar à montanha de Seir quando são informados da direção certa a seguir. Segundo a Bíblia esses 38 anos são o prazo para haver a morte daquela geração que fugiu do Egito e chegar à Terra Prometida apenas a nova geração livre dos vícios antigos.( Deuteronômio 2:14 : “E os dias que caminhamos, desde Cades-Barnéia até que passamos o ribeiro de Zerede, foram trinta e oito anos, até que toda aquela geração dos homens de guerra se consumiu do meio do arraial, como o SENHOR lhes jurara.”)


Comecei a pesquisar sobre a simbologia numérica contida na Bíblia e descobri uma coisa interessante:

No Hebraico o número 8 é “sh´moneh” da raiz “shah´meyen”, cujo sentido é “engordar, cobrir com gordura, superabundar”. O 8 deitado representa a eternidade e quando fica de pé representa a Ressurreição. Cristo ressuscitou dentre os mortos no primeiro dia da semana, que pode ser visto também como o oitavo dia.

Já o 3 é o número da unidade e da Trindade. É usado para reforçar ou dar ênfase a uma expressão. É o número da plenitude (Ap 21,13) e da santidade (Ap 4,8).

Sempre me perguntei o porquê do tempo necessário para o paralítico encontrar sua cura. Hoje percebo que, de acordo com várias fontes, o simbolismo numérico fazia parte da escrita dos antigos e havia uma intenção em passar mais que a linguagem no seu significado final.

Sendo assim, o trinta e oito teria o significado ressurreição (o despertar), superabundância (da graça e do conhecimento), regeneração (cura espiritual,fim de um ciclo), plenitude (nova ordem), aspectos necessários para se atingir a maturidade emocional e espiritual do ser humano.

Note-se que, em ambas as citações o prazo de 38 anos revela uma mudança radical de rumo na vida daquelas pessoas que a atingiram.

Voltando à cura do paralítico:

1-No tanque estavam vários enfermos esperando as águas serem agitadas para, então, entrarem e se curarem. Vemos claramente que aqueles que eram mais rápidos recebiam a graça da cura. O paralítico estava ali mas não conseguia chegar e não tinha amigos ( que podem ser os nossos pensamentos positivos) que o levassem. Muitas vezes nos encontramos assim, em total inércia diante de nossos objetivos, cheio de pensamentos negativos (a multidão de enfermos) sem conseguir dar o passo necessário para agir, sem coragem de saltar no poço (podemos entender como sendo nosso interior onde está o Espirito Santo) e a tirar de lá a nossa força e sabedoria. Enquanto isso, ficamos como o paralítico apenas olhando a vitória dos outros mais arrojados e caímos na lamúria, culpando algo ou alguém pela nossa derrota.

2- A cura pelas águas era possibilitada cada vez que a água do tanque se agitava. Muitas vezes sentimos o Espírito Santo nos fornecendo o pensamento correto para resolver nosso problema ( seria o agitar da mente ou poço) e desviamos a nossa atenção ou perdemos a coragem postergando a resolução do mesmo.

3- Foi preciso que Jesus (o nosso maior amigo) chegasse e perguntasse a ele:-Queres ficar são? Com essa pergunta Jesus quis testar a vontade daquele doente realmente desejar a sua cura. Muitas vezes lamentamos nossas dores, mas nem sempre desejamos deixar a situação incomodamente cômoda que criamos com esses desgastes. É necessário perguntar-se sempre o motivo pelo qual mantemos certas derrotas em nossa vida. Estranhamente podemos ver, nesses casos, algum ganho, mesmo negativo e nos curvarmos a ele barrando a nossa “cura”.

4- Para o paralítico esta espera chegou quando se cumpriu o tempo de trinta e oito anos( ou seja, quando ele atingiu a maturidade espiritual) Só então que ele, mesmo sem reconhecer Cristo percebeu que devia sair da postura de lamúria e pedir ajuda a alguém. E esse alguém foi, coincidentemente Cristo ( ou seja, a força libertadora). Que lhe mostrou que nem precisava saltar no poço físico ( ele já havia descido ao poço espiritual) e podia , pela fé e pelo conhecimento, levantar-se e andar ( tomar posse do seu desejo.) É essa pecepção que chamo de maturidade espiritual.

A maioridade espiritual chega quando conseguimos ter confiança em Deus ao ponto de tranquilizar a nossa mente sobre todas as coisas que nos acontecem a no dia a dia. Quando conseguimos aceitar TUDO como sendo mandado por Deus e , portanto, a melhor solução para nós. Acreditar que vida tem de ser boa como nos é dada. Só então cumprimos os nossos 38 anos.

Assim, essa passagem nos mostra, também, que podemos alcançar a nossa maturidade espiritual seguindo os seguintes passos:

1-Olhar para dentro de si e encontrar as fontes do nosso problema
2- Ouvir a voz do Espírito Santo nos orientando para a solução
3- Permitir que Jesus, nosso maior Amigo nos auxilie, respondendo, com sinceridade, se deseja realmente aquela cura.
4- Ao se certificar disso, deixar morrer os sentimentos negativos e agir de maneira nova e acertada, cumprindo-se, assim, o ciclo do aprendizado espiritual.

Dessa forma, só resta atender a ordem:

LEVANTA-TE TOMA A SUA CAMA E ANDA!
Comentários

Geraldo Aparecido Dos Santos  - 04/12/2010

Angela, você é sempre agradavelmente surpriendente! Pode ter certeza, você é um instrumento usado por Deus! Valeu grande amiga!!!

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui