Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
93 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55354 )
Cartas ( 21072)
Contos (12178)
Cordel (9607)
Crônicas (21341)
Discursos (3113)
Ensaios - (9921)
Erótico (13148)
Frases (40262)
Humor (17570)
Infantil (3577)
Infanto Juvenil (2311)
Letras de Música (5420)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135962)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1036)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1909)
Textos Religiosos/Sermões (4240)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Infanto_Juvenil-->As aves do céu -- 07/06/2014 - 11:50 (Adalberto Antonio de Lima) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Não valeis mais que os pardais?

Certo dia, um homem estava cheio de tristeza, porque sua despensa estava vazia e a sementeira não tinha brotado ainda. Então, desceu para apascentar em seu jardim e colher os lírios do campo. Passando pela cozinha, viu a pia repleta de vasilhas sujas... Vou visitar primeiro meu  jardim, depois arrumarei a cozinha, para que minha esposa encontrando  tudo limpo, possa dizer: Não é bom que a mulher esteja só... e se alegre porque Deus lhe deu uma ajuda adequada.

No jardim, o homem colheu uma folha  e por longo tempo, contemplava as delicadas nervuras que mais se assemelhavam a ramos de uma pequena árvore. Enquanto pensava, um sabiá pousou em um galho da amoreira. O homem disse-lhe: Criatura de Deus, não tenho amoras para te oferecer, porque não é época de colheita! Mas eu vou lavar a louça e posso te dar alguns grãos de arroz cozido.

Foi. Lavou pratos, panelas e talheres, mas como o sabiá tardava chegar, ele pensou: Minha oração não subiu ao céu. Não dilatou o coração de Deus, por isso,  o sabiá não veio.

De repente, olha para trás e vê um pardal catando migalhas debaixo da mesa. Olha só quem veio! Pardais estão em todas as partes. Invadem nossas casas, fazem ninhos nos beirais e sujam as paredes... Em seguida, voltou ao jardim para contemplar os lírios que seu  Pai plantara e viu muitos pardais em regozijo, louvando ao Criador. Eles não semeiam nem ceifam, nem recolhem nos celeiros e o Pai celeste os alimenta.

 

— Foto: Joaquim Martins.

NA

No Novo Testamento, um pardal aparece numa escala de preço muito baixo. Dois  deles valem o equivalente à menor unidade da moeda romana.(Conferir em   Mateus 10,29 e Lucas 12,6.) Não é bom que o homem esteja só. (Gen.2,18). Desceu para apascentar no jardim. (Cânticos 6.2) As aves não semeiam, nem ceifam,  nem têm despensa....(Mat.6,24-34)

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 372 vezesFale com o autor