Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
93 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55051 )
Cartas ( 21061)
Contos (12130)
Cordel (9564)
Crônicas (21226)
Discursos (3108)
Ensaios - (9913)
Erótico (13135)
Frases (39979)
Humor (17551)
Infantil (3562)
Infanto Juvenil (2309)
Letras de Música (5414)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135726)
Redação (2875)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4205)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Infanto_Juvenil-->BISCOITOS VIRTUAIS -- 06/10/2017 - 01:51 (PAULO HENRIQUE COELHO FONTENELLE DE ARAUJO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Vou repetir a frase do escritor Oswald de Andrade sobre os seus poemas.


“A massa ainda comerá o biscoito fino que fabrico”.


 


Mas eu não produzo biscoito,


eu imagino  caveiras


surgidas do cristal para bolo da prosa poética.


Eu atiro ossos de açúcar


nas lacunas do texto


até formar o fêmur doce do soneto;


encaixo todos os vocábulos


e na combinação


faço aparecer versos bem marcados como:


 


“ Vejo a ferida na cadeia digital,


porque estamos com um dedo no século XXI


e soltamos poemas,


únicas criaturas tangíveis 


na realidade virtual do Pokémon Go.


Quero que todos saibam!


Quando a essência da poesia for alcançada,   


as crianças não serão mais softwares aplicativos, 


não realizarão apenas as tarefas privativas do seu mundo.


 


DO LIVRO: "O ÚLTIMO FOGUETE"
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 17Exibido 109 vezesFale com o autor