Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
127 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56922 )
Cartas ( 21134)
Contos (12535)
Cordel (9883)
Crônicas (21940)
Discursos (3125)
Ensaios - (10032)
Erótico (13216)
Frases (41987)
Humor (17837)
Infantil (3614)
Infanto Juvenil (2350)
Letras de Música (5450)
Peça de Teatro (1313)
Poesias (137258)
Redação (2893)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4538)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Teses_Monologos-->AS REDES SOCIAIS NA INTERNET -- 02/11/2016 - 17:08 (Ricardo Barreto Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


No início as redes sociais eram ocupadas apenas por nerds.

Depois jovens presunçosos e exibicionistas passaram a postar fotos narcísicas e a escrever bobagens, fazendo com que pessoas sérias e bem informadas criassem um preconceito contra tais redes.

Ainda existe muita bobagem e muito exibicionismo nas redes, mas aos poucos elas vão se transformando num local de informação, de reflexões e de discussões.

Existe atualmente nas redes muita gente escrevendo sério sobre os mais variados assuntos como: gastronomia, saúde, filosofia, psicologia, política, economia, música, etc.

Cada um escreve o que quer, revelando seus conhecimentos e sua forma de pensar.

Fotos, vídeos, crenças e convicções são partilhadas livremente.

As redes sociais não substituem os encontros cara a cara com os amigos,  mas elas aumentam as chances de encontrar novos e velhos amigos e ampliam as possibilidades de comunicação.

Muita desinformação e baixaria ainda é veiculada pelas redes, mas sabendo “separar o joio do trigo” as redes representam um meio de interação excelente entre as pessoas.

Recife, 02/11/2014


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui