Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
37 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56739 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10005)
Crônicas (22136)
Discursos (3131)
Ensaios - (8937)
Erótico (13379)
Frases (43216)
Humor (18340)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2600)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137961)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2387)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4729)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->FLOR DE EMBIRIÇU -- 15/07/2002 - 12:36 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


FLOR DE EMBIRIÇU





Jan Muá

15 de julho de 2002





Eu sei que uma flor

Segundo a doutrina poética de Alberto Caeiro

É apenas uma flor



Mas esta do embiriçu é uma flor falante

Que posou na passarela

Em trajes naturais quando eu estava na platéia



Ela sabe que a sonhei

E que amanheceu comigo numa alvorada

Em Olhos de Água

E que me estendeu suas belas formas de origem

Aninhadas num leque redondo

Em vestido branco de noiva!



Ela sabe que apaixonou meus olhos

E me levou até suas pétalas níveas raiadas

Iluminadas pelo sol

E se entregou a mim com um sorriso puro

Do alto de seu ramo

Sem esconder seu habitat humilde e favelado

Encaixado num tronco soturno

De um cerrado de vegetação seca e amarelecida.



Eu gosto de flores falantes tipo embiriçu

Que posam na passarela em trajes naturais

E me olham com amor para eu as sonhar!







Brasília

15 de julho de 2002

Jan Muá

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 716 vezesFale com o autor