Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
70 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55345 )
Cartas ( 21072)
Contos (12178)
Cordel (9607)
Crônicas (21339)
Discursos (3113)
Ensaios - (9921)
Erótico (13148)
Frases (40254)
Humor (17570)
Infantil (3576)
Infanto Juvenil (2311)
Letras de Música (5420)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135960)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1909)
Textos Religiosos/Sermões (4239)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Textos_Religiosos-->MARIA, MÃE DE JESUS E MINHA MÃE MAIOR -- 16/12/2015 - 18:21 (Dalva da Trindade S. Oliveira (Dalva Trindade)) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

          MARIA, MÃE DE JESUS E MINHA MÃE MAIOR

 

São tantas as bênçãos que Nossa Senhora me concede!

 

Ela é tão presente em minha vida que eu não sei, sequer, como agradecer tanto amor.

 

Senti a sua presença junto a mim no sábado passado à noite (2004). Eu estava estressada, já quase “explodindo” com as pessoas, por uma série de motivos que não conseguia entender, e percebi a necessidade de relaxar.

 

Deitei-me sobre uma toalha no chão do meu quarto, deixei as pernas mais altas apoiadas no guarda-roupa e fechei os olhos.

 

Depois de algum tempo de reflexão, rezei uma Ave Maria e, de repente, com os olhos fechados (não sei se cochilei), vi mãos com muitos anéis e jóias que brilhavam intensamente; faiscavam mesmo, especialmente o ouro das jóias. Enquanto eu estava admirada, as jóias sumiram da minha visão e, automaticamente, uma poeira dourada, linda e brilhante ficou espalhada no ar e foi caindo, por um tempo, sobre mim...

 

Encantada, de olhos fechados, mas sorrindo, fiquei a observar até que desapareceu.

 

Abri os olhos, então, e a primeira associação que fiz foi com a história de  Nossa Senhora das Graças, ou Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, ou Mãe Medianeira, quando ela apareceu a Catarina Labouré (Filha da Caridade de São Vicente de Paulo, na França, na 2ª aparição, realizada no dia 27 de Novembro de 1830, sábado antes do primeiro domingo do Advento.) www.derradeirasgraças.com

 

Pressenti que ela ali esteve derramando, mais uma vez, suas graças sobre mim. “Ó Maria Concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós” como Nossa Senhora mostrou escrita no modelo da Medalha que mandou cunhar e divulgar.

 

Às 02:10 de 12.10.2004 enviei a mensagem acima pelo e-mail, à TV Século 21, Programa Madrugada de Bênçãos, além de falar com Carol pelo telefone da Associação do Senhor Jesus. Ela foi lida às, 02:43, ao vivo, pelo Padre, que me enviou um abraço.

 

        Dalva da Trindade de S Oliveira

            (Dalva Trindade)

         12.10.2004/16.12.2015

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 2Exibido 145 vezesFale com o autor