Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
44 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56735 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10005)
Crônicas (22135)
Discursos (3131)
Ensaios - (8937)
Erótico (13379)
Frases (43213)
Humor (18338)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2600)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137959)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2387)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4728)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->MARILENE -- 26/07/2002 - 00:51 (Ricardo Barreto Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


MARILENE



De onde vem tão esbelta criatura

Como valente guerreira cabelos soltos ao vento

E o olhar perdido no infinito

Sonhando com garbosos cavaleiros?



De onde vem essa formosa filha de Vênus

Com as mãos cobertas de prata

E tão belo corpo que nenhum aventureiro

Teve ainda a felicidade de conhecer?



De onde vem essa venturosa irmã da lua

Que passa pela vida distribuindo sorrisos

Mas cujo coração não entrega para ninguém?



Quem conhece seu passado de borboleta

Confinada num casulo

E que ainda não desabrochou?



Que mistério esconde esse olhar quente

E cheio de promessas?

Para quem ela guarda

Os ricos tesouros do seu coração?

Será que ela veio ao mundo

Apenas para ser desejada e nunca possuída?

Não acredito.

Porém a natureza tem desses caprichos.;

Leva milhões de anos evoluindo

Para criar uma obra tão perfeita

E depois diz aos homens:

Olhem, admirem e contentem-se apenas com isso,

Pois ela nunca será de nenhum de vocês,

Somente um deus será capaz de possuí-la.



Recife, 17 de outubro de 1992.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui