Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
127 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56911 )
Cartas ( 21134)
Contos (12535)
Cordel (9883)
Crônicas (21940)
Discursos (3125)
Ensaios - (10031)
Erótico (13216)
Frases (41977)
Humor (17835)
Infantil (3614)
Infanto Juvenil (2348)
Letras de Música (5450)
Peça de Teatro (1313)
Poesias (137253)
Redação (2891)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4538)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Redação-->A Cibernética e o uso racional das mídias digitais. -- 03/04/2008 - 20:00 (TARCISO COELHO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Qual o endereço mais fácil e rápido para o contato com a Associação Internacional de Educação Continuada – AIEC?

De forma convencional até um passado bem recente o endereço mais fácil e rápido era:

Associação Internacional de Educação Continuada - AIEC
Secretaria Geral
CLSW 105 Bloco A Edifício Espaço 105, 1º andar - Setor Sudoeste
CEP 70.670-431 - Brasília - DF

De forma inovadora e muito usual atualmente o endereço mais fácil e rápido é:

atendimento@aiec.br

Das duas formas o contato será feito, mas quanta diferença existe entre elas.

Na dita forma convencional, após escrever-mos um texto, preparamos um envelope com endereço de destinatário e remetente, selamos, lacramos e levamos aos Correios. A partir daí aguardamos alguns dias, se em postagem mais econômica, e ainda corremos o risco de extravio, inobstante a eficiência de nossa empresa de Correios.

Na dita forma inovadora, após escrever-mos um texto, já num correio eletrônico, cujo endereço do remetente já aparece de forma automática, apenas escrevemos o endereço do destinatário ou o buscamos de forma automática em uma lista pessoal de endereços no próprio correio eletrônico e ”clique”. O recebimento é imediato pelo destinatário e os custos irrisórios.

Essa racionalidade se traduz em eficiência, redução de custos, diminuição do tempo gasto nos diversos contatos e consequentemente na soluções dos problemas que se apresentem. Porém, lamentavelmente, funcionários mais desavisados ou menos críticos vêm utilizando ferramentas de comunicação digitais corporativas (e-mail, messenger, blogs etc.) para assuntos pessoais, chegando ao extremo de promoverem “pirâmides” , remeterem “correntes” ou mesmo divulgarem fatos alarmantes, na maioria das vezes boatos sem qualquer fundo de verdade.

Diante do problema as empresas não têm tido outra saída, que não a proibição, mesmo que na contramão de tendência tão crescente na utilização de tais ferramentas.

É de se esperar que o comportamento desaconselhável de tantos venha a ser minimizado ou mesmo extinto, na medida em que tão importantes ferramentas passem a ser vistas como verdadeiras ferramentas de trabalho e não mais como um modismo supostamente passageiro.


Tarciso.
Soure (PA), 25.03.2008
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 2Exibido 658 vezesFale com o autor