Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
92 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55323 )
Cartas ( 21071)
Contos (12178)
Cordel (9606)
Crônicas (21334)
Discursos (3113)
Ensaios - (9921)
Erótico (13145)
Frases (40233)
Humor (17570)
Infantil (3576)
Infanto Juvenil (2310)
Letras de Música (5419)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135947)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4238)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->VIDA -- 29/07/2002 - 17:17 (Ricardo Barreto Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


VIDA



Andava eu a vagar pelo mundo

Sem objetivo, sem direção,

Quando encontrei à minha frente um velho.

Eu sou você amanhã. - disse-me ele.

Resolvi então aproveitar melhor a vida.

Que é a vida senão uma

Sucessão de batalhas?

Alguns nascem abençoados

Têm tudo ao alcance da mão,

Outros não, mas todos têm

Que pagar um preço.



Que lucrou da vida aquele que

Nasceu, viveu e morreu sem ter

Conhecido nenhum momento de glória?

Que ganhou o primeiro soldado morto na guerra?

Tanta gente morrendo diariamente, anonimamente.

Não ajudei a construir o que aí está,

Também não ajudei a destruir,

Vivi apenas minha vida, da melhor forma possível.

Não creio em espíritos nem em outras dimensões.

(pero que las hay, las hay),

Minha consciência está saturada de clichês.

Vou vivendo a vida como se

Estivesse num barco à deriva,

Rio abaixo em direção ao mar.



Alguém aí sabe o que está acontecendo?



Recife, 23 de agosto de 1990.


Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui