Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
130 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56950 )
Cartas ( 21165)
Contos (12585)
Cordel (10048)
Crônicas (22173)
Discursos (3133)
Ensaios - (8976)
Erótico (13389)
Frases (43470)
Humor (18422)
Infantil (3758)
Infanto Juvenil (2650)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138131)
Redação (2919)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1924)
Textos Religiosos/Sermões (4817)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Redação-->“A maioria estudam” ou “A maioria estuda"? -- 16/04/2008 - 15:02 (Carlos Rogério Lima da Mota) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Quando se trata do substantivo “maioria”, sempre há a dúvida de como ele se relaciona com o verbo. Como substantivo feminino singular, cujo significado é “grande parte de algo”, o verbo que o acompanhar deverá também estar no singular, como determina a gramática portuguesa brasileira. Assim, frases do tipo: “A maioria pensam nos pobres” e “A maioria dos jogadores pensam em boicotar a partida” estão incorretas.

Em ambos os casos, o núcleo da frase é “maioria”, portanto, se este substantivo é singularizado, apesar de seu significado representar amplitude, o verbo deve acompanhá-lo na concordância, como ocorre a seguir:


A maioria pensa nos pobres.

Vejam, o verbo pensar concorda com “maioria”, permanecendo também singular , apesar de não se saber de que “maioria” se trata. Um exemplo: poderia ser maioria de jogadores, de políticos. Como o respectivo substantivo não está determinado, a frase fica vaga, dando margem a interpretações diversas, diferentemente do segundo exemplo:

A maioria dos jogadores pensa em boicotar a partida”

Neste caso, “maioria”está determinada, refere-se a jogadores, ainda assim, o verbo não concorda com jogadores, mas com a própria “maioria”, que não deixou de ser o núcleo do sujeito. Lembrem-se sempre: na dúvida, recorra a uma boa Gramática.

* E-mail: professorcarlosmota@yahoo.com.br

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui