Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
29 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56741 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10007)
Crônicas (22136)
Discursos (3131)
Ensaios - (8937)
Erótico (13379)
Frases (43217)
Humor (18341)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2601)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137961)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2388)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4729)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->BEIJA-FLOR -- 23/06/2000 - 19:17 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos






BEIJA-FLOR







Que asas me deu a natureza

Para descobrir preciosos néctares perfumados

Junto às flores?



Por que me estonteou a natureza

Em inusitada e emocionante viagem

Ao seio das pétalas coloridas e sensuais?



Por que me dotou a natureza

A ser guloso e divertido Don Juán

No entendimento de perfumes de jardins?



Por que me deu esta missão assombrosa

De olhar de perto intimidades perfumadas

No exercício público de meu ofício?





Eu só sei que amo os jardins e as flores

Porque é nelas que eu vivo e construo

Minha casa e meu abrigo



Para elas dirijo meu vôo intermitente

Porque é delas que flui minha energia

E toda a essência de minha vida



Há em mim um poeta beija-flor

Que descobre e canta a natureza

Do primordial néctar perfumado das flores.





Jan Muá

Brasília 2000
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 734 vezesFale com o autor