Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
54 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56828 )
Cartas ( 21161)
Contos (12584)
Cordel (10012)
Crônicas (22151)
Discursos (3132)
Ensaios - (8955)
Erótico (13388)
Frases (43349)
Humor (18383)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138025)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4767)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Redação-->VELHOS TEMPOS -- 02/04/2010 - 15:29 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
VELHOS TEMPOS

Tive a oportunidade nestes quase trinta anos de acompanhar a evolução da informática, desde os primeiros computadores, os quais eram ligados na televisão, onde os programas em BASIC eram gravados em fitas cassetes, passando pelo surgimento dos disquetes, dos primeiros sistemas operacionais, dos primeiros programas prontos e etc, até chegar aos modernos Notebooks, Netbooks e todas as parafernálias tecnológicas que temos hoje em dia.
Vi surgir o MS-DOS (antecessor do Windows), a primeira Planilha Eletrônica (Visicalc, Supercalc), o primeiro processador de textos (Usei o Protexto da Prológica no primeiro computador – um CP-500, depois o Wordstar), o primeiro gerenciador de banco de dados (dBASE). Tive a oportunidade de aprender e depois trabalhar com todos esses. Além do Basic, aprendi a programar em FORTH (Adorava essa linguagem), depois, quando surgiu o Clipper fui um dos primeiros a ter um conhecimento amplo dessa linguagem, com a qual desenvolvi sistemas para diversas empresas aqui do Guarujá.
Acompanhei de perto a evolução do Windows desde a sua versão 3.0, quando não passava de um gerenciador de arquivos em modo gráfico que funcionava sobre o MS-DOS. Vi surgir o Windows 3.1, 3.11 (a versão que mais usei do Windows); depois o tal de Windows 95, quando definitivamente o MS-DOS começou a ficar para escanteio; o Windows 98 (a melhor versão do Windows depois do Windows XP) e assim por diante.
Antes do surgimento da Internet, usei e abusei do serviço de BBS, quando se conectava a um outro computador à distância para baixar arquivos (principalmente fotos sensuais de modelos. Baixei muitas). Aliás, as BBS foram os primórdios da Internet. E quando esta chegou ao Brasil, tive o privilégio de navegar por aquelas páginas contendo quase que só texto com o Mosaic, depois com o Netscape e finalmente com o Internet Explorer. Usei muito o Eudora como gerenciador de e-mail. E principalmente o o MIRC para bater papo até altas horas da madrugada, pois ainda não existia nada parecido com MSN ou salas de bate-papo. Confesso que nunca cheguei a usar o ICQ, o antecessor do MSN.
Enfim, eu me sinto um privilegiado por ter vivido tudo isso numa época em que a informática parecia coisa do outro mundo. Hoje ela está tão presente no nosso dia a dia que as vezes nem damos conta disso. De mais a mais o computador era usado com a melhor as intenções. Não se pensava em vírus, roubo de dados, e tantas formas de crimes como se tem hoje em dia.
Apesar de todas as facilidades que o computador nos traz hoje, sinto falta daquele tempo onde a informática era um mundo novo e uma fonte inesgotável de aprimoramento da inteligência. Hoje o computador muitas vez é usado apenas como uma forma de diversão ou como meio de roubar, denegrir e explorar o outro. No começo não pensávamos que um dia o computador pudesse ser usado para os mais variados tipos de crimes, mas talvez se desconfiássemos teríamos antes de mais nada criado meios de proteger as pessoas. Não sei até onde a evolução da informática pode ir, mas temo que algum dia as máquinas possam de alguma forma controlar nossas vidas. E isso em mãos erradas, pode levar a humanidade até mesmo ao fim. Tomara que isso nunca aconteça.

ENCONTRE-ME TAMBÉM:
NO ORKUT
NO FACEBOOK
TWITTER



SE VOCÊ GOSTOU DESTE TEXTO, LEIA TAMBÉM:
ATOS QUE NOS FAZEM CRESCER
FIM DOS VÍRUS; LINUX
PORQUE EU USO O OPERA BROWSER
SONHOS E ESPERANÇA
EU VEJO A VIDA ASSIM...
ACASOS
BRINCANDO COM AS PALAVRAS
PARA LER NIETZSCHE (2)
DO QUE O BRASILEIRO PRECISA
PARA LER NIETZSCHE (1)
EM BUSCA DA FELICIDADE
SOU ASSIM...
O SENTIDO DA VIDA
O AMANTE DE LADY CHATTERLEY(D. H. LAWRENCE)
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui