Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
92 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55351 )
Cartas ( 21072)
Contos (12178)
Cordel (9607)
Crônicas (21341)
Discursos (3113)
Ensaios - (9921)
Erótico (13148)
Frases (40259)
Humor (17570)
Infantil (3576)
Infanto Juvenil (2311)
Letras de Música (5420)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135960)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1036)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1909)
Textos Religiosos/Sermões (4240)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Redação-->LINUX MINT: A ELEGÂNCIA EM PESSOA -- 11/11/2011 - 21:25 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O GNU/Linux, mais conhecido como simplesmente LINUX, se difere do Windows não só por ser livre e considerado mais seguro, mas principalmente por ser capaz de se adaptar aos mais variados modelos de computadores e as mais variadas necessidades dos usuários. E para que isto seja possível há no mundo Linux uma coisa chamada DISTRO. As distros não são nada mais nada menos do que uma empresa ou uma organização que organiza num único CD ou DVD um conjunto de programas que além de fazer o Linux funcionar permite que o usuário execute a maioria das tarefas para as quais os computadores hoje em dia são usados, como por exemplo navegar na internet, editar documentos, organizar fotos, etc. No mundo Linux há milhares de distros, sendo as mais populares o Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Open Suze, Debain, Mandriva, etc. Outra diferença significativa entre o Windows e o Linux está no ambiente gráfico. O Windows usa apenas um – com a Barra de Tarefas normalmente na parte inferior da tela e o lançador de Aplicativos (botão Iniciar do Windows) no canto esquerdo – enquanto o Linux possui vários ambientes, sendo o KDE (parecido com o do Windows) e Gnome (parecido com o do MacOS) os mais populares.
Por ser livre, qualquer um pode fazer uma série de modificações no ambiente de forma a agradar o usuário. Aliás, algumas distros conseguem fazer milagres com isso. E é aí que entra o Linux Mint, uma distro que se originou do Ubuntu, mas com a proposta de ser muito fácil de usar e cujo diferencial era exatamente a elegância, como pode ser visto na figura abaixo:


Embora o Ubuntu seja a distro usada pela maioria dos usuários Linux, é o Mint quem vem chamando a atenção do público nos últimos meses. O motivo disso está justamente na falta de radicalidade por um lado e na ousadia por outro. Diferentemente do Ubuntu e de outras distros que passaram por mudanças radicais nos últimos 12 meses, o Mint preferiu manter a tradição. As inovações foram poucas e a migração de uma versão mais antiga para uma mais nova ocorreram sem sustos. Além disso, por falta de mudanças radicais, os bugs, inevitáveis quando as mudanças são grandes, praticamente não existem e não afetam o desempenho e a funcionalidade como ocorreu com o Ubuntu por exemplo, onde os usuários tiveram alguns problemas. Por outro lado, o Mint é uma das distros que mais inova no quesito aparência. Os responsáveis pelo desenvolvimento do Linux Mint conseguiram não só tornar o Gnome mais prático ao agregar todas as opções num único Menu ao estilo KDE como também fazer o lançador de Aplicativos tão prático e cheio de recursos que nem o Windows foi capaz. Aliás, esse é um dos diferenciais do Linux Mint com relação à outras distros. Quase tudo que o usuário necessita está ao alcance de um clique no Lançador de Aplicativos. Outro diferencial está nas cores e na combinação delas. Algumas distros se preocupam demais com a eficiência e esquecem de dar um trato no visual, muitas vezes usando uma combinação de cores que não agrada. Poucas distros parecem ter acertado tanto na combinação de cores quanto o Mint. O tom verde usado em conjunto com o cinza é um dos mais agradáveis que eu conheço. Aliás, só o Mandriva 2011 parece ter alcançado algo semelhante.
Se você é usuário do Windows e está sentindo aquela curiosidade em experimentar o Linux, a minha primeira recomendação é o Mint. E para aquele usuário de outras distros que por um motivo ou outro não está satisfeito com distro atual, o Mint também pode vir a agradá-lo.

Para baixá-lo, é só acessar: Download Linux Mint






ENCONTRE-ME TAMBÉM:
NO ORKUT
NO FACEBOOK
TWITTER



SE VOCÊ GOSTOU DESTE TEXTO, LEIA TAMBÉM:
O ANDROID FAZ MAIS UMA VÍTIMA
POESIA E PROSA
E O GOOGLE VENCEU
IOS, ANDROID, MEEGO E O FIM DO WINDOWS
VELHOS TEMPOS
ATOS QUE NOS FAZEM CRESCER
FIM DOS VÍRUS; LINUX
PORQUE EU USO O OPERA BROWSER
SONHOS E ESPERANÇA
EU VEJO A VIDA ASSIM...
ACASOS
BRINCANDO COM AS PALAVRAS
PARA LER NIETZSCHE (2)
PARA LER NIETZSCHE (1)
O SENTIDO DA VIDA
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 266Exibido 2150 vezesFale com o autor