Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
115 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56478 )
Cartas ( 21121)
Contos (12490)
Cordel (9845)
Crônicas (21811)
Discursos (3122)
Ensaios - (9984)
Erótico (13198)
Frases (41518)
Humor (17698)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136969)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4479)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Textos_Religiosos-->Deus Me Deu, Em Dobro, Tudo o Que o Diabo Tirou -- 03/05/2018 - 20:07 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Deus Me Deu, em Dobro, Tudo o Que o Diabo Tirou
Eu coloquei minha cabeça nas nuvens brancas
Então Deus me ofereceu o céu inocente
Botei meus pés no chão, bem nas areias francas
Assim Deus me devolveu o chão novamente

Comi o pão que o Diabo amassou
Mas Deus me deu o manjar dos sonhos
Quando a calada da noite, finalmente, falou
Foram embora os pesadelos tristonhos

Precisei engolir sapo e ter sangue de barata
Porém Deus me deu uma transfusão de alegria
Os sinos tocaram a canção com o barulho da lata
Pois quando dois seres cantam, surge a Poesia

Quando corri para tirar a família da forca mortal
Deus livrou meus amigos da guilhotina
A paz é uma bailarina no espaço sideral
Que vira a estrela-guia de qualquer menina

Um bruxo fez ritual macabro e baixa Magia
Somente para me prejudicar tirando meu ar
Porém Deus fez a lei do retorno com maestria
Então, hoje, construo um castelo em cada lugar.
Luciana do Rocio Mallon



Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui