Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
85 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54950 )
Cartas ( 21059)
Contos (12121)
Cordel (9547)
Crônicas (21140)
Discursos (3109)
Ensaios - (9910)
Erótico (13133)
Frases (39909)
Humor (17551)
Infantil (3560)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5414)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135663)
Redação (2874)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4197)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->Emerson, o filósofo do espírito americano -- 20/01/2005 - 01:24 (Eder Kamitani) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O povo americano é conhecido por seu patriotismo exacerbado. Em produções holywoodianas, por exemplo, o mocinho americano sempre vence a legião de inimigos truculentos, não obstante a superioridade numérica do adversário. Não há nenhum povo tão convicto do valor de seu país; para eles, não existem mundo fora dos EUA.
Grande parte desse comportamento arrogante pode ser encontrada na serena obra de Ralph Waldo Emerson. Emerson, filósofo americano do século XIX, escreveu várias obras, tais como os Ensaios, A conduta para vida e Homens representativos. Era ávido leitor de Pascal, Montaigne e Goethe. Sua obra transcedentalista reúne a crença em um grande Deus aliado ao poder incomensurável do indivíduo, seja ele pobre ou rico, forte ou fraco.
Sem desqualificar os grandes feitos dos maiores pensadores da humanidade, Emerson exalta o valor do homem comum.
Emerson construi a alma do povo americano. Não que Emerson celebrasse o comportamento arrogante e etnocêntrico do povo estadounidense: Emerson é religioso e moralista demais para apoiar tal atitude. O que Emerson fez foi moldar o espírito americano no século XIX, polindo a alma e o coração dos americanos em suas obras, influenciando todas as instituições americanas, levando a crença cega em si mesmo.
Emerson cunhou o que há de valoroso na história americana. A prudência, o esforço contínuo, a valorização de cada indívíduo, a profunda compreensão do ser humano pelas obras dos mestres e a superioridade do lar perante todos os paraísos do mundo, fizeram com que o povo americano amasse sua terra de tal modo, que mesmo debaixo das condições mais severas, não largariam mão de suas casas, de seus negócios, seus livros e poetas, seus jogos e amores.
Embora tenhamos de lamentar a forma unilateral dos EUA tratar o mundo, um país rico de mentalidade doentia, com violência e preconceito, é necessário reconhecer que eles são altamente desenvolvidos, e um dos grandes mentores, mesmo que indiretamente, através de seus inflamados ensaios, foi Emerson, o filósofo do espírito americano.

(Eder Luis Tomokazu Kamitani)
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 0Exibido 1778 vezesFale com o autor