Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
73 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54591 )
Cartas ( 21042)
Contos (12041)
Cordel (9415)
Crônicas (20963)
Discursos (3104)
Ensaios - (9879)
Erótico (13100)
Frases (39620)
Humor (17532)
Infantil (3554)
Infanto Juvenil (2304)
Letras de Música (5408)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135298)
Redação (2862)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1912)
Textos Religiosos/Sermões (4137)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Infantil-->CHUVA NO SERTÃO -- 09/07/2014 - 15:12 (Adalberto Antonio de Lima) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Foto: ALHO DO MATO

Por baixo da vegetação, o alho do mato dá sua flor avermelhada.

 A  vaca leiteira come o talo, e ninguém pode beber do leite porque traz 

o gosto e o cheiro de alho. Por sorte, só a vaca do Junco comeu alho brabo 

do mato... Feliz da vida, o menino canta uma  toada:

 “Hoje nóis come cuaida, rapadura e requeijão...”

Por baixo da vegetação, o alho do mato dá sua flor avermelhada.

A vaca leiteira come o talo, e ninguém pode beber do leite

porque traz  o gosto e o cheiro de alho.

Por sorte, só a vaca do Junco comeu alho brabo 

E assim, feliz da vida, o menino canta uma toada:

“Hoje nóis come cuaida, rapadura e requeijão...”

Comentários

Diana Acioli Rebelo  - 20/07/2014

Entrei no Usina de Letras por curiosodade e gostei desse texto tão sertanejo.Obrigada.

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 0Exibido 163 vezesFale com o autor