Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
71 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54856 )
Cartas ( 21056)
Contos (12110)
Cordel (9512)
Crônicas (21088)
Discursos (3105)
Ensaios - (9905)
Erótico (13127)
Frases (39809)
Humor (17550)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5411)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135538)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2372)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4175)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Infantil-->PORQUINHOS -- 05/01/2017 - 22:52 (PAULO HENRIQUE COELHO FONTENELLE DE ARAUJO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


O menino de seis anos
beija a barriga da mãe grávida.
A mãe abraça a criança,
pensa no filho que virá,
será outro menino,
e questiona:
‘Será eu ele gostará de tomar banho,
se na lista das preferências dos meninos
(a bola, o super-herói, o sanduíche)
tomar banho costuma não vir?’
Esta mãe pensa no novo filho,
e também imagina:
“Será que quando ele crescer e morar sozinho,
um dia eu poderei afirmar,
sobre a casa deste caçula,
que ali tudo é asseado e  sua cortina é linda
ou contrariada direi:
quanto entulho há por aqui,
nem preciso falar do banho,
que insisti toda vida”.

O filho mais velho então
beija novamente,
a barriga grávida da mãe.
Ele também está tão feliz e, de repente, profetiza:
“Mamãe, o neném arrotou aqui
 como um porquinho”!



DO LIVRO: "O ÚLTIMO FOGUETE"

 


Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 17Exibido 138 vezesFale com o autor