Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
61 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54839 )
Cartas ( 21056)
Contos (12108)
Cordel (9511)
Crônicas (21077)
Discursos (3106)
Ensaios - (9897)
Erótico (13126)
Frases (39799)
Humor (17545)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5411)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135520)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4173)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Tua alma -- 22/01/2003 - 10:39 (rodrigo mendes delgado) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
TUA ALMA

Tua alma
é a parte
que falta,
para compor a minha.
Vivo, perenemente,
a sentir
um vazio,
um vão,
uma fenda
em minh´alma.
Algo falta.
Vergastado pelo tempo,
pela ausência,
pela ferida,
que não cicatriza,
e dói.
Corrói minh´alma,
de forma voraz,
como o algoz,
que não tem pena
de sua vítima.
Como o carrasco,
que tortura,
prazerosamente,
o condenado.
Mas, que dor é esta?
Que ausência é esta?
O que me falta,
para completar minh´alma,
minh´alma ferida?
Para lhe dar vida
e esperança?
Depois de muito pensar
e sofrer,
sei o que falta,
falta tua alma,
que unida à minha,
a tornará completa,
e de felicidade
ficará repleta.


Rodrigo M. Delgado

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui