Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
82 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54403 )
Cartas ( 21031)
Contos (12030)
Cordel (9350)
Crônicas (20779)
Discursos (3097)
Ensaios - (9868)
Erótico (13087)
Frases (39449)
Humor (17507)
Infantil (3550)
Infanto Juvenil (2302)
Letras de Música (5406)
Peça de Teatro (1308)
Poesias (134975)
Redação (2860)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2368)
Textos Jurídicos (1911)
Textos Religiosos/Sermões (4089)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Letras_de_Música-->LONGE DE TI -- 21/12/2006 - 15:50 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
LONGE DE TI
Canção do poeta repentista Louro Branco

LONGE TE TI, a minha vida é um tormento,
todo momento meu destino é pra chorar,
se outro alguém quer melhorar minha sorte,
mas outro porte não assume o teu lugar;
outra nem pense de ter união comigo
que só contigo eu pretendo me casar
e poderá tudo não acontecer
se eu morrer ou se meu bem me abandonar.

Que alguém te ama os meus amigos censuram,
se te procuram eu não quero nem saber,
sem ter motivos eu jamais vou ciumar,
nem vou brigar sem ter razão pra te perder;
o meu conforto é teu retrato enfeitiçado,
todo manchado de eu beijar por não te ver,
meu único sonho é Deus ter nós dois num lar
pra eu te amar e ser amado até morrer.

Nessa distância pra notícias, nossos meios
são os correios, carta vai e carta vem,
se escrevo, choro, se recebo, que delicia,
por ter notícia da mulher que quero bem,
se tu não ligas, nem a outro simpatizas
me moralizas, mas eu sou assim também,
vindo aos meus olhos formosura igual não vejo
pra meu desejo é só tu mesma e mais ninguém.

Naquela carta logo após os telegramas
tu me reclamas, porque ando pouco aí,
sofro saudades, o trabalho é que me prende
o mundo entende, cada qual sabe de si,
minha querida, tua ausência me maltrata
não és ingrata, apareças por aqui,
te compadeças, peço até por Jesus Cristo,
eu não resisto em viver LONGE DE TI.

Te compadeças, peço até por Jesus Cristo,
eu não resisto em viver LONGE DE TI.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 82Exibido 1384 vezesFale com o autor