Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
116 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56489 )
Cartas ( 21121)
Contos (12490)
Cordel (9846)
Crônicas (21813)
Discursos (3122)
Ensaios - (9984)
Erótico (13198)
Frases (41527)
Humor (17701)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136971)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4478)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->POESIAS DOS LEÕES DE SHERRYATT EM 2000 -- 29/12/2012 - 14:42 (Professor Marcelo Guido Noronha) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
2000.02.10 DECRETO DE UM FINAL
2000.02.24 O FIM
2000.03.07 REFLEXÕES PÚRPURAS
2000.03.15 ROSA DE LUA
2000.03.27 A MAIOR DE TODAS
2000.03.29 IMPOSSIBILIDADES
2000.03.29 PERPÉTUA SINA
2000.04.05 INTERROGATIVAS...
2000.04.07 CIRCUNLÓQUIOS
2000.04.11 UM TEMPO: O MEU TEMPO!
2000.04.13 TEMPO DE, OUTRA VEZ, SONHAR
2000.04.18 INTIMIDADE
2000.04.18 NOSSO BRASIL
2000.04.19 MEU ENIGMA... SEU ESTIGMA...
2000.04.20 POR DEUS...
2000.04.21 A SÍNTESE OFICIAL
2000.04.22 DIGNIDADE & PAZ...
2000.04.24 RECONSTRUIR
2000.04.26 TRILHOS
2000.04.28 APENAS NÓS DOIS...
2000.05.02 MEU DESTINO...
2000.05.03 RESENHA DO FRAGMENTO...
2000.05.04 OUTRA AMIGA QUE SE FOI...
2000.05.08 CONTUDO... E SEM VOCÊ...
2000.05.09 MEDO REAL E IMEDIATO...
2000.05.11 A ÚLTIMA PEÇA
2000.05.12 EM SEU OLHAR
2000.05.12 MÃE...
2000.05.14 NOSSOS DESTINOS EM CANÇÒES
2000.05.15 MEU DIÁRIO DE SOLIDÃO
2000.05.31 O ÚLTIMO DOS MEUS LEGADOS
2000.06.01 A SANTIDADE DO ADEUS DA ALMA
2000.06.17 NASCIMENTO
2000.06.21 O BRILHO MACABRO DA ESCURIDÃO
2000.06.27 ESTRELAS
2000.07.07 AS ÁGUAS TERMINAIS
2000.07.22 PERALTICES
2000.07.27 GUIDO
2000.07.27 NUM OLHAR
2000.08.02 MERETRÍCIO
2000.08.06 ANUNCIAÇÃO
2000.08.11 TENTATIVA
2000.08.15 MEDO DO PRÓPRIO MEDO
2000.08.15 PÚRPURAS CONVICÇÕES
2000.08.17 NAVEGANTES
2000.08.18 REDAÇÃO AO DESTINO
2000.08.23 LEGADOS PÚRPUROS
2000.08.27 POR QUE NÃO?
2000.08.29 CONSIDERAÇÕES
2000.08.29 TALVEZ...
2000.09.02 MÍSTICA ESTRADA
2000.09.03 ESPERANÇA
2000.09.05 REVERSO DOS MEUS VERSOS
2000.09.06 ÚLTIMAS CONFISSÕES
2000.09.07 CÚPULA DOS SENTIMENTOS MISTOS
2000.09.10 CONVICÇÕES
2000.09.12 RESENHA DA TOTAL ESSÊNCIA
2000.09.17 PRENÚNCIOS DE UM RENOVADO LÍRIO
2000.09.18 MEU AMADO MEDO
2000.09.20 DAMIANA
2000.09.20 DOIS PÁSSAROS
2000.09.20 NOVAS ESPERANÇAS
2000.09.20 SENSAÇÕES
2000.09.20 VOCÊ...
2000.09.21 MEU MENINO VAN LYRA
2000.09.22 DILEMAS
2000.09.23 MEUS SENTIMENTOS
2000.09.27 FACES DE UM DESEJO
2000.09.28 JAMAIS IREI ESQUECÊ-LA
2000.09.29 DOCE TRIBUTO
2000.09.29 MINHA SOBREVIVÊNCIA
2000.09.29 VOLÚPIA
2000.10.01 CONFUSAS EMOÇÕES
2000.10.03 DEVANEIOS (A CÚPULA FINAL DO MEU LEGADO)
2000.10.03 VESTÍGIOS DA MINHA SOLIDÃO
2000.10.05 SAGA DOS OPOSTOS
2000.10.06 DOÇURA
2000.10.07 NÉVOAS
2000.10.08 VIDA NOVA
2000.10.12 SAUDADES DE UMA INCRÍVEL AMIGA
2000.10.17 AO MESTRE
2000.10.17 SUAS MARCAS
2000.10.20 MINHA VITÓRIA
2000.10.23 A ESPADA E A ROSA
2000.10.24 NOVOS PRENÚNCIOS
2000.10.26 APENAS POR NÓS DOIS
2000.11.04 MINHA DEUSA QUE O CORAÇÃO AGORA CLAMA
2000.11.07 MEU PESO
2000.11.07 SÍNTESE DE MINHA SORTE
2000.11.10 CHAMAS
2000.11.10 MEU ÁPICE AZUL...
2000.11.10 PROMESSAS QUE NÃO PROMETEM
2000.11.10 QUE DIZ O MEU QUERER
2000.11.11 SEDUÇÃO
2000.11.21 SEM ERROS...
2000.11.22 SENSUAL MENINA...
2000.11.28 JAMAIS SENTI AMOR TANTO ASSIM...
2000.11.28 NOVAMENTE, O DESPERTAR...
2000.12.02 MEUS DIAS
2000.12.04 SÚPLICAS RICOCHETES
2000.12.06 UM NOVO DIA TRISTE...
2000.12.08 CLAUSURA
2000.12.09 UMA ÚNICA VERDADE
2000.12.12 MEUS NOVOS SENTIMENTOS
2000.12.13 MAJESTADES DE UM MAGISTÉRIO
2000.12.17 LANCES DE UMA VIDA!
2000.12.23 OUTRAS NÉVOAS
2000.12.25 UM COMPOR DE NATAL (A LA VAN LYRA)
2000.12.27 O MEU ÚLTIMO ELO
2000.12.29 LEGADO DAS MAJESTADES (OS TROVÕES PELA PAZ...)
2000.12.29 O CUMPRIMENTO DE UMA ALEGRE PROFECIA
2000.12.30 O JURAMENTO DA PRATA
2000.12.31 TERMINAIS REFLEXÕES DO LÍRIO DE PRATA
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui