Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
136 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56012 )
Cartas ( 21109)
Contos (12422)
Cordel (9783)
Crônicas (21647)
Discursos (3119)
Ensaios - (9949)
Erótico (13188)
Frases (41098)
Humor (17622)
Infantil (3597)
Infanto Juvenil (2324)
Letras de Música (5441)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (136581)
Redação (2884)
Roteiro de Filme ou Novela (1047)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1914)
Textos Religiosos/Sermões (4451)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->POESIAS DOS LEÕES DE SHERRYATT EM 2008 -- 29/12/2012 - 14:51 (Marcelo Guido) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
2008.01.01 INSEPARÁVEIS
2008.01.01 MAIS DO QUE LÁGRIMAS, O MEU APOGEU!
2008.01.01 SINAIS DOS TEMPOS
2008.01.05 PERPETUADA EM MEU CORAÇÃO
2008.01.07 APAIXONADO
2008.01.07 TUDO EU DARIA
2008.01.13 ANGÚSTIA DE QUEM AMA: SOFRIMENTO ETERNO
2008.01.15 DESILUSÕES TANTAS
2008.01.21 A GRAÇA DE DEUS!
2008.01.31 POR QUE DUVIDA DE MEU AMOR?
2008.02.02 VOCÊ NUNCA VAI ME PERDER
2008.02.04 CHUVA QUE DESCE POR MINHA FACE
2008.02.07 O AMOR DO POETA
2008.02.14 14 DE FEVEREIRO
2008.02.17 SEMPRE HÁ UM LINDO SOL NO HORIZONTE A NOS ESPERAR
2008.03.06 NINGUÉM MAIS...
2008.03.29 ¡Felicidad hasta siempre!
2008.03.12 ¡Mis sentimientos por ti!
2008.03.29 UM BRINDE À MORTE (...ESPERANÇA)
2008.04.04 ACEITANDO O MEU FRACASSO
2008.04.07 ACREDITE EM MIM
2008.04.14 DEITADA EM MEUS BRAÇOS UM DIA ESTEVE: O FIM!
2008.05.21 O QUE QUER ESTE MEU CORAÇÃO
2008.06.04 TRATE-ME MELHOR, SEJA JUSTA!
2008.06.25 DUETO DO AMOR ETERNO
2008.06.25 VONTADES
2008.07.23 LÍRIO DA SOLIDÃO
2008.07.28 UM GRITO DE SOCORRO
2008.07.30 VOCÊ É ESPECIAL
2008.07.31 MINHA FARSA: UMA VIDA INFELIZ E SÓ...
2008.08.28 É... ACABOU!
2008.09.02 LIXO... (A SINA DE UM VAGABUNDO NOJENTO)...
2008.09.08 UMA VERDADE E NADA MAIS: A MINHA!
2008.09.10 O MUNDO CONTRA MIM: ATÉ OS AMIGOS...
2008.09.12 A ÚLTIMA VEZ QUE EU TE VI...
2008.09.16 BONANÇAS DE UM LÍRIO RUBRO-ARGÊNTEO
2008.09.18 SINA TRISTE, MAS MINHA...
2008.09.23 12:14...
2008.09.24 CRIANÇAS: PRA VOCÊS O MEU AMOR...
2008.09.25 VONTADE DE VIVER: PRA QUÊ? POR QUEM?
2008.09.30 MEU GRITO DE SOCORRO:... AINDA ME AMO!
2008.10.29 ETERNO SOFRIMENTO
2008.10.29 POR QUE PROMESSAS? CUMPRIR JAMAIS!
2008.10.30 TEMPESTADES... A DOR DE PERECER SÓ...
2008.11.03 AMIGOS? QUÃO DESPREZO ME CONCEDEM!
2008.11.05 DESGRAÇA DE UM POETA MORTO-VIVO: EU SEM VOCÊ...
2008.11.05 FAMÍLIA MALDITA: PARA SATANÁS ME ENCAMINHOU!
2008.11.11 SOLIDÃO QUE ME REGE... ATÉ QUANDO TENHO QUE SOFRER?
2008.11.14 MARCELO GUIDO VAN LYRA
2008.11.19 DESGRAÇAS DE UM AMAR: ISSO É SAUDADE!
2008.11.27 ETERNAMENTE COMO OUTRORA...
2008.12.01 SERIA ISSO A FELICIDADE?
2008.12.23 FELIZ NATAL, SOLIDÃO!... DEUS ME ASSASSINOU, GAME OVER!
2008.12.24 RECOMEÇAR? TEORIAS, NADA MAIS
2008.12.29 AMOR QUE RENASCE: EIS QUÃO MELHOR É!
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui