Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
114 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56699 )
Cartas ( 21128)
Contos (12515)
Cordel (9863)
Crônicas (21885)
Discursos (3121)
Ensaios - (9999)
Erótico (13200)
Frases (41685)
Humor (17749)
Infantil (3605)
Infanto Juvenil (2334)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137070)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4518)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Brasília -- 14/04/2013 - 22:58 (maria da graça almeida) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Brasília
maria da graça almeida

Cidade que lembra uma praia sem mar,
ou nave inerte bem rente ao chão...
Pesada é a asa que faz por alar
o corpo insensato da corrupção
Ao tentar a busca por certo alento
que a alma saudável ou enferma, recruta,
mesmo envolvido ou com nada atento
pressinto até, plena em constrangimento,
passado o tempo de colher boa fruta.

Murmúrios, cochichos, sibilos, conchavos,
segredos, conluios e a aviltação,
ofuscam, seguros, a luz e o brilho
da crença que um dia amparou a nação.
Espero que ainda, das torpes doutrinas
vejamos Brasília trocar as cortinas,
pois ora se sabe que a roxa ganância
seja ela anciã ou ainda menina
contrapõe-se ao tom do verde-esperança.

Ao nos relembrarmos da bela cidade
reportamo-nos, todos, a todo o país
que agora revela ter a identidade
descritas por manchas de rubro matiz...
E a nave que só aprendeu a voar
nos doces delírios presidenciais
enleou-se em tramas de agudas barreiras
e mostra que até para os feitos cabais
a forte ambição delimita as fronteiras.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui