Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
36 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56741 )
Cartas ( 21160)
Contos (12583)
Cordel (10007)
Crônicas (22136)
Discursos (3131)
Ensaios - (8937)
Erótico (13379)
Frases (43217)
Humor (18341)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2601)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137961)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2388)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4729)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->OLHOS NOS OLHOS -- 31/08/2000 - 20:56 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos








OLHOS NOS OLHOS





Jan Muá

31 de agosto de 2000







Sentada em árida terra, de rosto exilado,

Olhas no horizonte as entrelinhas sofridas de teus versos



Não é o sol que fere teus olhos

E sim o ritmo atroz da tua dúvida



Sento junto de ti para levar-te outras mensagens

de outras estrelas de outras galáxias

Mas teu sangue parece ter decantado tuas emoções



Teu céu já tem campo plantado

Embora tua alma ainda vagueie na indefinição do rosto daquele anjo que seria teu libertador



Meio alheia à luz de meu sol

Ficas atônita percorrendo espaços de outro mapa planetário

Em navegação fluida e quase cósmica

No tapete de tuas doces e tristes lembranças



Agora estás de costas para a baía

E parece teres esquecido até as águas nobres

Do mar e a sombra da verde mata atlântica

E mais mistérios de grandeza que te cercam



Quem sabe um dia, de olhos nos olhos,

Conseguirás levar tua retina a ver com atenção

Aqueloutras luzes que se fixam em ti...









Jan Muá

31 de agosto de 2000
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 686 vezesFale com o autor