Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
27 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56828 )
Cartas ( 21161)
Contos (12584)
Cordel (10014)
Crônicas (22151)
Discursos (3133)
Ensaios - (8956)
Erótico (13388)
Frases (43354)
Humor (18383)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138027)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4770)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Maria Célia de Amorim Freitas -- 31/08/2015 - 21:53 (Márcio Filgueiras de Amorim) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Maria Célia de Amorim Freitas



Hoje um filósofo me disse que só existe o passado!

Pois o que digo, agora, no mesmo instante se foi!

O futuro é um buraco escuro que ainda não existe!

Recheado por nossas fantasias, desejos e esperanças!



Meu passado é rico de lembranças: de pessoas,

De amigos, parentes, lugares, cheiros, cores!

Mas principalmente de tão bons sentimentos!

Balaios, potes, baús, caixas cheias! Ah, cheios deles!



Lembrança de gostosos afagos, abraços e beijos!

De manhãs e tardes inteiras jogando “conversa fora”!

De saborear pão com manteiga e café feito na hora!

Com a alegria da companhia risonha, amada e querida!



Se só o passado existe como diz esse caro filósofo!

Tenho a certeza que ainda estamos ambos nele!

E como sempre preferimos, estamos lá sorrindo,

Conversando e nos curtindo como primos e amigos!
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui