Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
55 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56828 )
Cartas ( 21161)
Contos (12584)
Cordel (10012)
Crônicas (22151)
Discursos (3132)
Ensaios - (8955)
Erótico (13388)
Frases (43349)
Humor (18383)
Infantil (3751)
Infanto Juvenil (2630)
Letras de Música (5464)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (138025)
Redação (2918)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2394)
Textos Jurídicos (1923)
Textos Religiosos/Sermões (4767)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->PORQUE AS PESSOAS NÃO FORAM ÀS RUAS -- 14/12/2015 - 22:49 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
É prematuro fazer uma avaliação precisa dos motivos que levaram tão pouca gente aos protestos contra o Governo Dilma no último fim de semana. Os organizadores dizem que o baixo comparecimento deveu-se ao pouco tempo de divulgação e a proximidade com o período de férias. Isso realmente pode ter influenciado, mas não a ponto de reduzir tão drasticamente o número de participantes, tornado o protesto num grande fracasso. Pois é preciso reconhecer que ficou a sensação de fracasso. As razões, entretanto, são outras. É preciso levar em conta que são as primeiras manifestações após a Câmara dos Deputados ter recebido o pedido de impeachment da Dilma. Para muitos não cabe mais a sociedade civil exigir a saída da presidenta, já que agora a decisão está nas mãos do parlamento. Há ainda o fato de Eduardo Cunha tê-lo aceito pior momento, quando ele, presidente da Câmara e terceiro na linha sucessória, está prestes a perder o próprio mandato por corrupção, tornando-o ilegítimo, o que levou muitos a desistir de exigir a saída da Dilma. Um outro fator que também pesou no baixo comparecimento foi a ciência de quem realmente assume a presidência com a saída da Dilma. Até pouco tempo, a grande maioria daqueles que iam à rua pedir o impeachment achava que seria Aécio Neves quem assumiria a presidência. E quando descobriram que, na realidade, era o Michel Temer, deram-se conta de que trocar seis por meia dúzia não valia a pena. E por último, muitos se aperceberam de que um processo de impeachment, o qual provavelmente não cassará a presidenta Dilma, já que não há um consenso de que ela tenha de fato cometido um crime passível de perda de mandato, será doloroso para o país, afetando todos nós. Tudo isso contribuiu para o esvaziamento dos protestos. E dependendo do que ocorra nos próximos dias, os movimentos, cuja bandeira é o impeachment, terão de levantar uma nova bandeira pois é pouco provável que ela venha a ser cassada.




ENCONTRE-ME TAMBÉM:

NO RECANTO DAS LETRAS


NO FACEBOOK

TWITTER

NO MEU BLOG







LEIA OUTROS ARTIGOS DE MINHA AUTORIA:

A VERDADEIRA RAZÃO DO IMPEACHMENT DA DILMA

O QUE OS NÚMEROS DO DATAFOLHA MOSTRAM

A PRISÃO DO DELCÍDIO DO AMARAL

EDUARDO CUNHA É A BOLA DA VEZ

PARIS: ÓDIO À LIBERDADE E À DEMOCRACIA

A VOLTA POR CIMA

NA MAIOR CARA DE PAU

AS MUDANÇAS NAS ESCOLAS EM S. PAULO

A REVOGAÇÃO DO ESTATUTO DO DESARMAMENTO

EDUARDO CUNHA E O TITANIC

O PMDB E A ATUAL CRISE

O REBAIXAMENTO DA NOTA DO BRASIL

A EUROPA É CULPADA DISSO:

O PIOR JÁ PODE TER PASSADO

A PRISÃO DE DIRCEU E A CRISE NO GOVERNO

A SITUAÇÃO DE EDUARDO CUNHA SE COMPLICA

QUEREM CULPAR O PT POR TUDO

AS SEMENTES DO ESTADO ISLÂMICO

A CORRUPÇÃO E A DIVISÃO DO PAÍS

OS ATAQUES TERRORISTAS NA FRANÇA

A DESRAZÃO DOS DERROTADOS

O JOGO DE CENA ENTRE O OCIDENTE E A RÚSSIA

MARCHA DA FAMÍLIA: UM DESVARIO

O SILÊNCIO DO BRASIL NA CRISE UCRANIANA

A VENEZUELA À BEIRA DE UM CAOS

OS TEMPOS SÃO OUTROS

MINISTRO ADMITE NOVOS APAGÕES

O QUE HÁ POR TRÁS DA RENÚNCIA DE AZEREDO





NÃO DEIXE DE LER: 30 TEXTOS MAIS LIDOS DA USINA NOS ÚLTIMOS 6 MESES
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui