Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
50 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54577 )
Cartas ( 21040)
Contos (12022)
Cordel (9413)
Crônicas (20963)
Discursos (3105)
Ensaios - (9880)
Erótico (13100)
Frases (39599)
Humor (17532)
Infantil (3554)
Infanto Juvenil (2304)
Letras de Música (5407)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135288)
Redação (2862)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1912)
Textos Religiosos/Sermões (4133)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->FOI O MEDO - registro de evento cotidiano - Saes -- 02/11/2016 - 14:37 (Boanerges Saes de Oliveira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


PROVOQUEI O DESENCARNE DE UMA VIDA!

Vezes infinitas estamos exercendo nosso modo de viver e não observamos
que os feitos geram efeitos.

Na constante vigilância de nossas ações, nossos objetivos serão
atingidos, sempre conforme vamos construindo o nosso caminhar, nossa
jornada, conquistando seguidamente patamares de melhores instantes ou
não, é nosso livre arbítrio enlaçando-se com a lei de causa e efeito.

No fato deste evento, os nossos vizinhos chamados de "pernilongos" são
famosos na dissiminação de doenças, os quais transmitem, cuja causa
sabemos que é a nossa falta de cuidados com a educação social no que
tange à higiene coletiva nos habitats das populações.

Assim, mesmo que seja de pequena dimensão, mas é um desencarne, uma
interrupção de vida, a qual deveria ter finalidades outras que não a
transmissão da dor.

Valeu!!! São reflexões, verdades de cada um, como essa que agora se transmite.

Ótimos Caminhos !!!






Nenhum texto alternativo automático disponível.

Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 158Exibido 68 vezesFale com o autor