Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
42 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57342 )
Cartas ( 21145)
Contos (12562)
Cordel (9921)
Crônicas (22037)
Discursos (3129)
Ensaios - (10122)
Erótico (13300)
Frases (42589)
Humor (18106)
Infantil (3679)
Infanto Juvenil (2462)
Letras de Música (5460)
Peça de Teatro (1314)
Poesias (137553)
Redação (2898)
Roteiro de Filme ou Novela (1050)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4585)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Erótico-->SEXO COVARDE -- 03/03/2003 - 23:34 (Cida Piussi) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Sexo covarde

Entrou em minha casa,
Afundou-se no sofá,
Conversou sobre a vida,
Encantou-se com a minha
Foi amigo demais, até.

Andou pela casa toda,
Fingiu que queria alguém
Prá esquecer a dor do amor!

Deitou-se na minha cama, nu,
E então o amigo, já era homem.

Puxou meu corpo, que vestido,
Arrepiou-se e sem sentido,
Despiu-se e entregou-se ao seu.

Sumiu. Qual amante itinerante,
Ligou:
_quero agora
Encontrar o corpo,
que o meu implora,
E a boca que me enlouqueceu.

Vem, satisfaça o meu desejo,
Não sei porque não a beijo.
Só quero sexo,o seu.

Fui, nada senti, entreguei-me
Ao que pedia, fiz do meu corpo
A magia, de encantá-lo com o meu.

Nada me deu. Disse :
- Vou querê-la para sempre,
Mas por favor não tente
Buscar-me, o homem sou Eu!


cI/03
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui