Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
104 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55077 )
Cartas ( 21063)
Contos (12135)
Cordel (9570)
Crônicas (21233)
Discursos (3108)
Ensaios - (9913)
Erótico (13137)
Frases (39997)
Humor (17552)
Infantil (3565)
Infanto Juvenil (2309)
Letras de Música (5414)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135740)
Redação (2875)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2374)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4207)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Arte -- 03/05/2017 - 07:32 (Sydia Mabel Araújo Lopes) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Arte


Por onde se vive e onde se anda, tudo se apresenta na mais perfeita harmonia artística. Ao nascer, já estreamos com a interpretação do choro. Chorar nesse teatro da vida, é o mesmo que ser batizado e liberto da da primeira prisão humana: o útero. Não obstante, caímos então numa penitenciária maior: a vida que por ser ampla e dinâmica, nos dá uma falsa sensação de liberdade. No respirar, estamos presos a ela sem carta de alforria, mas em algum momento, seremos livres quando ultrapassarmos o limite que ela nos impõe para então desfrutarmos da genuína liberdade. Dogmas, classes, importância serão ausentes nesse novo ambiente em que o universo só conspirará a nosso favor.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 0Exibido 38 vezesFale com o autor