Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
88 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 54835 )
Cartas ( 21056)
Contos (12106)
Cordel (9509)
Crônicas (21076)
Discursos (3107)
Ensaios - (9896)
Erótico (13126)
Frases (39798)
Humor (17544)
Infantil (3558)
Infanto Juvenil (2308)
Letras de Música (5411)
Peça de Teatro (1309)
Poesias (135516)
Redação (2869)
Roteiro de Filme ou Novela (1034)
Teses / Monologos (2371)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4172)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Desprovido -- 03/05/2017 - 13:56 (Sydia Mabel Araújo Lopes) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Desprovido


Desde o nascimento, descobriu que sua essência havia sido herdada de seu pai e que por isso mesmo o odiava com todas as forças do mundo pela maldita herança genética. Mas tinha a mãe que com o amor mãe, lhe proporcionou instantes de carinho e aconchego. Nunca se aceitou na metade da carga genética herdada de seu pai que jurara ódio eterno. Tornou-se um homem tentando sempre mascarar sua real essência de desprezo, ódio e vingança aos que nunca estariam debaixo de suas manipulações ardilosas e com perfeito plano de ataque àqueles que o desafiassem a enxergar melhor a si mesmo.
Desenvolveu um plano de assediar suas vítimas com a gratidão da beleza externa que obtivera da mãe natureza. Nunca esqueceu um único deslize da mãe que por excesso de humanidade, tornou-se a mão do pai e dela própria à ação da palmatória mundial. Sempre imputando imperfeição aos demais, pela sua superioridade, tornou-se então esse ser desprovido de amor mas nutrido de interesses.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Seguidores: 0Exibido 29 vezesFale com o autor