Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
81 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55244 )
Cartas ( 21066)
Contos (12162)
Cordel (9594)
Crônicas (21296)
Discursos (3111)
Ensaios - (9915)
Erótico (13140)
Frases (40138)
Humor (17566)
Infantil (3567)
Infanto Juvenil (2310)
Letras de Música (5416)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135872)
Redação (2879)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4226)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->A Hora do Protesto -- 10/11/2017 - 18:11 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA (marceloosouzasom@hotmail.com) zap 71-992510196) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A Hora do Protesto





Nesse dia de protesto contra os desmandos dos nossos governantes pelas mudanças na previdência e nas leis trabalhistas, não poderíamos deixar de falar sobre esses assunto tão importante, onde mais uma vez os brasileiros têm que arcar com as contas dos inúmeros “desmandos” financeiros dos nossos gestores.
As pessoas com certeza estão nas ruas protestando, gritando de diversas formas, mas os nossos algozes já estão acostumados e com a cara lavada com tanto banho de protesto, é capaz ainda de estarem se divertindo com tanta encenação, eles já não ligam com esses atos, isso já é coisa do passado, pois o mundo mudou e temos que raciocinar como seriam esses protestos, porque nesse “nosso” Brasil nada dessa forma vai adiante, greve não vai mais adiante, principalmente na nossa conjuntura atual de perdas de direitos.
Ainda o que segura esse “povo” é realmente o poder do voto, onde a gente mesmo, vota mal, escolhe os péssimos gestores, que fazem as suas ricas propagandas um verdadeiro palco de paixões, mostrando inúmeros projetos de onde o país dá certo, contudo vai dando cada vez mais errado.
Teríamos que usar a nossa obrigação de votar a nosso favor, pois o voto é a verdadeira arma para aniquilar os “incompetentes” do poder, mas essa “arma” somente vai para quem realmente tem uma consciência política, pois se fosse num país de verdade jamais votaríamos em candidato corrupto, bandido com a folha podre, mas quando chega a hora do voto, as pessoas esquecem o que determinados políticos fizeram e assim a nossa História continua com muita corrupção e muito sofrimento, porque pior do que esses péssimos políticos é quem vende nosso país por um saco de cimento ou algo até menor, isso dificulta que o Brasil siga rumo ao futuro, cujas pessoas estão cada vez mais cerceadas de tudo.
Quando pararmos para refletir sobre o que é um protesto, sobre como fazer greve de verdade, as coisas iriam mudar; vamos fazer greve sim, boicotando esse povo na hora da eleição, vamos fazer greve de verdade ausentando-nos das maiores festividades, sem compras no Natal, Carnaval, sem bebidas alcoólicas...
Aí sim teríamos uma greve de verdade, sem violência, mas com muito barulho, entretanto como isso não irá acontecer, vamos ficar eternamente gritando, esperneando e perdendo tempo defendendo ou acusando políticos que não ligam, nem ligarão para jamais para nenhum de nós.

Marcelo de Oliveira Souza,iwa
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui