Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
85 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55325 )
Cartas ( 21071)
Contos (12178)
Cordel (9606)
Crônicas (21334)
Discursos (3113)
Ensaios - (9921)
Erótico (13145)
Frases (40234)
Humor (17570)
Infantil (3576)
Infanto Juvenil (2311)
Letras de Música (5419)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135948)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1035)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1913)
Textos Religiosos/Sermões (4238)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Violência -- 27/11/2017 - 16:42 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

A Violência é definida pela Organização Mundial da Saúde como "o uso intencional de força física ou poder, ameaçados ou reais, contra si mesmo, contra outra pessoa ou contra um grupo ou comunidade, que resultem ou tenham grande probabilidade de resultar em ferimento, morte, dano psicológico, mal-desenvolvimento ou privação”. Observa-se aqui que o uso do poder ampliou o significado da palavra. Globalmente, a violência tem produzido milhões de vítimas em guerras, campos de concentração, regimes ditatoriais, e miséria. Além daquela que ocorre não apenas nos grandes centros urbanos, mas povoa as pequenas cidades, tendo como fonte primária o uso de drogas e o comércio ilícito de armas.
A violência cada dia tem ampliado o leque com graus diversos, seja através de ofensas proferidas, seja através da violência em si em que vidas são ceifadas. A humanidade está enferma pois se recusa a administração de doses de respeito e compaixão. Nunca se viu tantos desmandos e arrogância nas atitudes que corroboram com o quadro social que aí está. Difícil ter que encarar os fatos ocorridos e apresentados por meio das mídias em que o homem tornou-se o refém de suas atrocidades. Nada mais assustador que perceber o nível de violência que enfrentamos dia a dia e observar a desconstrução de paradigmas que estabelecem o caráter e a ética. O perfil da violência inicia-se a partir do conturbado convívio familiar sem limites e ganha amplitude no âmbito social. E o resultado é o que temos visto por meio da imprensa, onde uma família é totalmente destruída por conta de um motorista dependente químico. Até a violência foi banalizada, não precisa de desafeto algum para ser praticada e a sociedade vai presenciando o extermínio de todos os princípios fundamentais da vida e do direito pela falta de respeito ao que é alheio. A sociedade e a cultura vão sendo espoliadas nas regras básicas do convívio humano onde a dignidade humana é ferida constantemente com repercussões sérias ao longo de toda uma história da civilização. Quando e como o homem não mais terá resistência em enfrentar sua humanidade, é o questionamento mais audacioso e que esse enfrentamento verta em grandes mudanças nas interações sociais mais adequadas a sobrevivência da espécie humana.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui