Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
146 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56900 )
Cartas ( 21134)
Contos (12535)
Cordel (9881)
Crônicas (21940)
Discursos (3124)
Ensaios - (10030)
Erótico (13216)
Frases (41955)
Humor (17829)
Infantil (3614)
Infanto Juvenil (2347)
Letras de Música (5450)
Peça de Teatro (1313)
Poesias (137243)
Redação (2891)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4538)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Letras_de_Música-->Escreve aí - Luan Santana -- 09/05/2015 - 02:34 ( Andre Luis Aquino) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Te falo tanta coisa
Enquanto tento segurar a lágrima
Que insiste em cair

Entro no meu carro
Abro o vidro
E antes de ir embora eu te digo
"Olha aqui, ainda vou te esquecer... escreve aí"

Chego em casa
E dou de cara com sua foto
Uma ducha e um vinho pra acalmar
E eu penso "vou partir pra outra logo"
Mas quem é que eu tô tentando enganar?
Mas quem é que eu tô tentando enganar?

É só você fazer assim
Que eu volto
É só você fazer assim
Que eu volto
Que eu volto

É que eu te amo
E falo na sua cara
Se tirar você de mim
Não sobra nada
O teu sorriso me desmonta inteiro
Até num simples estalar de dedos
Talvez você tenha deixado eu ir
Pra ter o gosto de me ver aqui
Fraco demais para continuar
Juntando forças pra poder falar

Que eu volto é só
Você sorrir
Que eu volto é só
Fazer assim

Que eu volto
Que eu volto
Que eu volto

Chego em casa
E dou de cara com sua foto
Uma ducha e um vinho pra acalmar
E eu penso "vou partir pra outra logo"
Mas quem é que eu tô tentando enganar?
Mas quem é que eu tô tentando enganar?

É só você fazer assim
Que eu volto
É só você fazer assim
Que eu volto
Que eu volto

É que eu te amo
E falo na sua cara
Se tirar você de mim
Não sobra nada
O teu sorriso me desmonta inteiro
Até num simples estalar de dedos
Talvez você tenha deixado eu ir
Pra ter o gosto de me ver aqui
Fraco demais para continuar
Juntando forças pra poder falar

Que eu volto é só
Você sorrir
Que eu volto é só
Fazer assim
Que eu volto é só
Fazer assim

Que eu volto
Que eu volto
Que eu volto
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui