Usina de Letras
Usina de Letras
   
                    
Usina de Letras
85 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55351 )
Cartas ( 21072)
Contos (12178)
Cordel (9607)
Crônicas (21341)
Discursos (3113)
Ensaios - (9921)
Erótico (13148)
Frases (40261)
Humor (17570)
Infantil (3577)
Infanto Juvenil (2311)
Letras de Música (5420)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (135960)
Redação (2881)
Roteiro de Filme ou Novela (1036)
Teses / Monologos (2375)
Textos Jurídicos (1909)
Textos Religiosos/Sermões (4240)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Letras_de_Música-->Paródia da Música Feijão Preto Depois da Alta do Feijão -- 26/06/2016 - 16:31 (Luciana do Rocio Mallon) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Paródia da Música Fuscão Preto Depois da Alta do Feijão

Feijão preto, você pensa que sou ricaço
Você está com preço de aço
A crise me fez de palhaço
O meu bolso quer matar
No mercado e no bazar!

Falaram que a crise foi vista no mercado
Paquerando o feijão sem parar
A chuva deixou o agricultor chateado
Pois ela bailou com a crise ao luar
Fazendo o preço do feijão aumentar

O arroz soube de tudo e ficou ciumento
Do feijão ele quis um divórcio litigioso
Por isto o arroz ficou triste e rabugento
Neste momento econômico tão perigoso

Feijão preto, você pensa que sou ricaço
Você está com preço de aço
A crise me fez de palhaço
O meu bolso quer matar
No mercado e no bazar.
Luciana do Rocio Mallon


Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui