Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
132 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56624 )
Cartas ( 21128)
Contos (12502)
Cordel (9854)
Crônicas (21854)
Discursos (3121)
Ensaios - (9995)
Erótico (13199)
Frases (41612)
Humor (17732)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2332)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (137016)
Redação (2886)
Roteiro de Filme ou Novela (1049)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4500)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Os desdobramentos de uma leitura -- 12/08/2018 - 08:43 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Pois é, desdobrando a garapa das letras de Ulisses Lins de Albuquerque no livro Um Sertanejo e o Sertão, num é! " PARA SER PADRE SÓ FALTAVA APRENDER A TABUADA". Num tempo do templo Imperialista no pó do regime de moças velhas no caritó da freguesia dos arraiais Brasil.... ahhhh pobre moças de uma sociedade importada, materializada pelos costumes de comprar escravos e materialista no sentimento de comprar votos de casamento eterno, onde as moças de famílias pobres cujos pais não tivessem dotes a oferecer ao pretendente ao cargo de futuro esposo, ficariam no caritó. Esse é o Brasil de tantas origens e culturas herdadas que de tão circulantes nas veias, ainda tratam as mulheres como objetos sem objetivo. Não sei se continuo a pensar que o escritor é um grande mentiroso ou um grande sonhador que precisa expurgar suas dores em folhas e assim ressuscitá-las com suas “mentiras”. Viva o Brasil de tantos Brasiles.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui