Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
113 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56462 )
Cartas ( 21121)
Contos (12489)
Cordel (9843)
Crônicas (21808)
Discursos (3123)
Ensaios - (9983)
Erótico (13198)
Frases (41489)
Humor (17696)
Infantil (3604)
Infanto Juvenil (2328)
Letras de Música (5448)
Peça de Teatro (1312)
Poesias (136955)
Redação (2885)
Roteiro de Filme ou Novela (1048)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1917)
Textos Religiosos/Sermões (4478)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Alma silenciosa -- 01/10/2018 - 06:37 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Alma silenciosa

Minha alma não é minha. Mas tudo que nela experimento nessa vida, me pertence. Quando sofro uma queda, as consequências que dela surgem, são todas minhas e ninguém saberá ao certo, como a alma se sente, salvo eu, representante deste ser invisível e silencioso. As máculas ou mesmo as alegrias por ela sentidas, me fazem perceber que além de mim, existem outras alegrias, outras tristezas, e outras realidades que me permitem navegar mundo a fora a vislumbrar que existem histórias não minhas, mas sobretudo que existem outras formas de existência e de adaptação às barreira impostas pela vida. Resilientemente, sigo na permuta de dor por calor humano, de certeza por dúvida nas crenças em que fui enformado(não, informado) nessa eterna adaptação em que se resume a vida. Minha alma silencia o verbo. Não a ação. Minha alma silencia crenças. Não os valores. Minha alma permuta valores. Invertê-los, JAMAIS!
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui