Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
20 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57170 )
Cartas ( 21140)
Contos (12558)
Cordel (9908)
Crônicas (21998)
Discursos (3126)
Ensaios - (10098)
Erótico (13283)
Frases (42406)
Humor (18015)
Infantil (3659)
Infanto Juvenil (2424)
Letras de Música (5458)
Peça de Teatro (1313)
Poesias (137464)
Redação (2895)
Roteiro de Filme ou Novela (1050)
Teses / Monologos (2384)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4564)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Sobreviver ou navegar -- 09/01/2019 - 16:26 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Navegar é preciso, mas ir contra a maré é ousadia. Sabe-se lá o que pode provocar aos deuses tamanha façanha. Repouso, solidão e silêncio aos fantasmas do pensar fortalecem além de revigorar as manhas. Elas sacodem o barco no balanço oportuno das ondas e não precisam necessariamente da correnteza. Viver, pode ser também isso: o não esperar ou esperar; questionar ou não; ser ou estar ou deixar-se levar sem ser levado; momentos de luta e resistência; amparo ou não; superar desafio da própria consciência quando esta lhe cobra respostas e os desafios aguardam por respostas. Vivi o suficiente para perceber que nem tudo o que é grandioso na matéria, possa ser insuperável salvo a persistência. Ela fortifica o pensamento insano no julgamento de alguns. Sua destreza e habilidade garantem o voo mais alto assim como o mergulho mais profundo que se possa fazer. Não há garantias, mas a liberdade de saber que existe e que pode levar ao longe inexistente. Esse lugar insuperável ao simples mortal que não permite desfazer da couraça medíocre e ilusória, simplifica o desafio da existir além da ilha. A terra fica a observar quantos passam, quantos existem, quantos resistem e quantos sucumbem sem ao menos tentar superar a dor da carcaça cortada e para sempre marcada. É viver ou viver, exceder ou comedir, é expandir ou encolher...A escolha é opção. Liberdade, pode ser ou não uma escolha que fará da colheita um erro ou acerto. Lançar-se aos desafios é mergulho em busca da coragem. Carcaça, não conta.


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui