Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
137 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57038 )
Cartas ( 21138)
Contos (12550)
Cordel (9897)
Crônicas (21965)
Discursos (3125)
Ensaios - (10063)
Erótico (13239)
Frases (42236)
Humor (17928)
Infantil (3638)
Infanto Juvenil (2392)
Letras de Música (5453)
Peça de Teatro (1313)
Poesias (137390)
Redação (2894)
Roteiro de Filme ou Novela (1050)
Teses / Monologos (2382)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4545)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Verdadeiro -- 22/01/2019 - 04:24 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Verdadeiro


O que não será verdadeiro, senão tudo aquilo que ocupa fisicamente os espaços? Claro, até a folha de madeira supostamente pintada e prensada é verdadeira pois ocupa um certo espaço, embora tendo um menor prazo de validade. E assim são as amizades, os amores vazios e sedentos, a família que celebra o Natal harmoniosamente, tendo como celebração de início de um novo ano, o assassinato de algum membro por questões meramente burocráticas. A vida e a morte também são verdadeiras, tal qual a luz e a escuridão. Os espaços são verdadeiros, então porque questionar a existência da verdade, ainda que exista a mentira? A verdade precisa mentir para ter fôlego e sobreviver às regras da selva vazia e sem cor. Dizer a verdade, é sempre um risco, mas viver na mentira é sempre uma corda bamba que de uma hora para outra, despenca ao abismo. Sem retorno. Ambas, são irmãs gêmeas da consciência inabitada que empobrecem as relações e dão uma falsa impressão de viver bem vendo sempre a quem, onde o amém encerra o capítulo final da dualidade de ser falso e verdadeiro.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui