Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
38 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56722 )
Cartas ( 21160)
Contos (12582)
Cordel (10005)
Crônicas (22134)
Discursos (3130)
Ensaios - (8935)
Erótico (13377)
Frases (43194)
Humor (18334)
Infantil (3739)
Infanto Juvenil (2596)
Letras de Música (5463)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137947)
Redação (2915)
Roteiro de Filme ou Novela (1054)
Teses / Monologos (2386)
Textos Jurídicos (1922)
Textos Religiosos/Sermões (4723)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Depois do Carnaval -- 10/03/2019 - 14:57 (Lita Moniz) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

color:
444444">

color:
444444">                                  Depois do Carnaval



color:
444444">“Depois do carnaval eu vou tomar juízo

Há muito que eu preciso me regenerar

Largar mão da viola, procurar batente

Preciso urgentemente me estabilizar



444444">                                                                                                        A
vizinhança já está falando horrores
                                                                                                       Você não me defende, ainda vem contra mim
                                                                                                       Dizer que não trabalho e vivo de favores
                                                                                                      Há tanto exagero, não é bem assim”



444444">                                         Jair Rodrigues





Carnaval
é um intervalo curto entre o dever e o prazer, um tempo para dar um
 tempo a tanta coisa por fazer.



444444">          A saúde que se cuide sozinha e ainda
para agravar  há os exageros da bebida e
da cozinha.



444444">A
criançada a pular aprende a rir, a cantar, a dançar.



444444">Os
idosos esquecem as dores, abrem a  janela
da lembrança, sem dançar entram na dança.



444444">      Muita gente sai para a rua quase nua;
outros compram um abadá e saem para  desfilar
 nos blocos de carnaval como se fossem
Sheiks reverenciando Alá.



444444">  Nas escolas do Rio, de fio a pavio,  não há falta de dinheiro, estonteantes, brilham
mais que diamantes.



444444">        Está tudo ali: a  pobreza, a riqueza, a corrupção a minar os
recursos da nação, os fantasmas da falta de tudo a jogar lama na alegria do
povo.



444444">    No fundo,  cada escola propõe um mundo novo, mas isso só
depois do carnaval.



444444">Ali não!
Ali é para jogar as mágoas fora, mandar a tristeza embora.



444444">       O governo ainda não aprendeu a lição, aproveita
a hora para encaminhar projetos ao Legislativo, na surdina, aqueles mais
cabeludos que só o carnaval consegue disfarçar.



444444">  Afinal quem vai  ver!...Anda todo o mundo na folia a pular o
carnaval...



444444">     Só
não aprovam porque nos bolsos dos  Vereadores, Deputados e Senadores não falta
dinheiro para aproveitar o melhor do carnaval. -  Depois a gente pensa nisso e tenta resolver.



444444">      E mais uma vez a culpa é do português que
trouxe para o Brasil o carnaval. O Zé Pereira, o sapateiro português José
Pereira de Azevedo  Paredes, criou  um conjunto de bombos e tambores, ele à
frente a capitanear o bloco. Passava pelas ruas 
principais do Rio de Janeiro.



444444">     A 
música ruidosa, contagiante ia seguindo e se espalhando pelo país
inteiro.



444444">        Música portuguesa com alma brasileira,
miscegenação  perfeita.



444444">     Não há filósofo, poeta, jornalista que
resista.



444444">          Mas hoje, quarta feira de cinzas já
passou,  a quaresma começou.



444444">   Hora de pegar a caneta fazer as contas:
muito mais débitos do que créditos.



444444">         E volta a acreditar no Capitão



444444">                “Brasil acima de tudo



444444">                 E Deus acima de  todos”



444444"> 



444444">                                                              
Lita Moniz



444444"> 



444444"> 



444444"> 



444444"> 



444444"> 



444444"> 



444444"> 



444444"> 



color:
444444">         



                                 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 6Exibido 24 vezesFale com o autor