Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
101 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 55942 )
Cartas ( 21109)
Contos (12417)
Cordel (9757)
Crônicas (21610)
Discursos (3119)
Ensaios - (9947)
Erótico (13172)
Frases (41020)
Humor (17617)
Infantil (3597)
Infanto Juvenil (2322)
Letras de Música (5434)
Peça de Teatro (1311)
Poesias (136496)
Redação (2884)
Roteiro de Filme ou Novela (1047)
Teses / Monologos (2381)
Textos Jurídicos (1914)
Textos Religiosos/Sermões (4430)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Letras_de_Música-->Pulando Fronteiras -- 10/11/2001 - 05:59 (Poeta Maldito) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Eu vou pulando fronteiras
Cercando os meus medos
Esquecendo a dor
Querendo sonhar.
Mas não tive chance.
Agora sou eu por mim
Então veio você
Me fez querer viver.
Eu tinha um sarcófago a minha espera.
Hoje tenho seus braços e me recupero de mim.

Depois da chuva
Céu se abriu em sol.
As dúvidas eternas já não tem razão
Eu quero esquecer o que fiz e
Dar o melhor de mim.
Me purgar em meus pecados e não olhar para traz.
Deixe que essa loucura nos engula.
Eu quero ser teu devaneio frente a vida esse pesadelo.
Comentários

O que você achou deste texto?       Nome:     Mail:    

Comente: 
Informe o código de segurança:          CAPTCHA Image                              

De sua nota para este Texto Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui