Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
30 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 56450 )
Cartas ( 21157)
Contos (12576)
Cordel (9977)
Crônicas (22085)
Discursos (3130)
Ensaios - (8877)
Erótico (13329)
Frases (42883)
Humor (18231)
Infantil (3704)
Infanto Juvenil (2520)
Letras de Música (5461)
Peça de Teatro (1315)
Poesias (137743)
Redação (2907)
Roteiro de Filme ou Novela (1053)
Teses / Monologos (2385)
Textos Jurídicos (1918)
Textos Religiosos/Sermões (4618)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->SHAH BANOU -- 03/01/2004 - 23:47 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos






SHAH BANOU

Jan Muá

3 de janeiro de 2004





A vida é mais do que idade

É mistério

Teimosia

Energia



Vontade de ser

E de vencer

A vida é milagre

Revelação secreta

De uma força absoluta

E surpreendente

Que também está em nossas mãos.



Jan Muá

3 de janeiro de 2004



_____



Nota – Este poema é uma "memória heróica" em honra de Shah Banou, a velhinha iraniana de 97 anos,referência maior nas crônicas internacionais sobre o terramoto de Bam. Todos os jornais do mundo relatam no dia de hoje que ela foi encontrada viva, embrulhada numa coberta, neste dia 3 de janeiro de 2004. Passou oito dias sem comer e sem beber, em temperatura fria, presa entre os escombros. Cães adestrados assinalaram sua presença. As equipes de socorro levaram três horas para resgatá-la. Sua frase para as equipes de salvamento foi registrada: "Foi Deus que me salvou"! E em seguida pediu chá: !Tchai"...Foram buscar chá. Vinha muito quente. E esperou que arrefecesse um pouco! Estava viva!
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 73Exibido 694 vezesFale com o autor